Não vi só coisa ruim na vitória do São Paulo sobre o Braga

Amigo são-paulino, leitor do Tricolornaweb, podem me chamar de louco, mas vi algo bastante interessante na vitória do São Paulo sobre o Bragantino nesta noite de quarta-feira, no Morumbi. Talvez pelo fato de estar no campo e ter uma visão melhor do que observando apenas pela TV, achei muito interessante a movimentação dos jogadores de ataque. Claro que estou falando do primeiro tempo, porque o segundo foi digno de raiva.

O gol tendo saído logo no início da partida deu tranquilidade ao time e possibilitou que fossem apresentadas algumas jogadas, certamente fruto de treinamentos. E aí dou méritos a Dorival Jr.

Jogando com dois meias – Cueva e Nenê – e apenas Marcos Guilherme aberto, com Diego Souza sendo o homem referência no meio de ataque, parecia que o time seria um quadrado. Mas não. Os quatro jogadores trocaram de posição o tempo todo. Muitas vezes o reforço vinha de trás com Reinaldo pela esquerda e Militão pela direita. Jucilei e Petros ficavam mais fixos, resguardando a defesa.

Marcos Guilherme caía pelos dois lados do campo, mas também entrou muitas vezes em diagonal, com lançamentos partindo de trás, principalmente feitos por Jucilei. Nenê, Diego Souza e Cueva não tinha lugar fixo. Faziam uma espécie de carrossel. Algumas vezes Cueva apareceu no lugar que seria, originalmente, de Diego Souza. Falta entrosamento, é verdade, mas ao menos consegui ver algo de interessante no time, o que não acontecia há muito tempo.

Já o segundo tempo foi o São Paulo que nos acostumamos a ver. O jogo não encaixou e fomos completamente dominados pelo Bragantino. Sidão fez duas defesas milagrosas, nos salvando da derrota. Marcos Guilherme começou a perder gols, pois o São Paulo viveu de contra-ataques e lançamentos de Jucilei. Então Dorival Jr começou a fazer bobagens.

Se ele tinha em mente tirar Nene, que não aguentaria o jogo todo, por que já não tirou quando colocou Brenner e manteve Cueva em campo? Se ele sabia que Nene não aguentaria o jogo todo, ainda que tivesse tirado o Cueva, por que não tirou Nene quando colocou Trellez e puxou Diego Souza para fazer a armação. Então completou o show de asneiras ao tirar Nene, que não aguentaria o jogo todo, para colocar Hudson.

Ficamos sem meia. Se a ideia era fechar o meio de campo com três volantes e ter dois jogadores rápidos pelas pontas para contra-ataques, era óbvio que não daria certo. Não tinha ninguém para fazer a ligação e Hudson não ajudou a fechar nada, porque o São Paulo tomou um verdadeiro sufoco do Bragantino até o último minuto.

Juro que meu limite de calma chegou ao fim e eu xinguei o Dorival. Eu, assim, como muitos torcedores que estavam presentes no Morumbi.

Valeu pela vitória e pelo primeiro tempo. O resto foi o nosso normal.

15 comentários em “Não vi só coisa ruim na vitória do São Paulo sobre o Braga

  1. VIU COMO SE FAZ COM O PLANEJAMENTO ERRADO MANDA EMBORA O TREINADOR QUE NÃO MOSTRAR RESULTADO NO INICIO DO ANO ,ONDE TEM O QUE FAZER, MAS NO SOBERANO SO MANDAM EMBORA QUANDO NÃO TEM MAIS CHANCE ALGUMA DE MAIS NADA .

    ERRARAM EM 2017 E TEM TUDO PARA ERRA DE NOVO EM 2018

    #RAÍ NÃO DEIXE O CUCA ACERTAR COM OUTRO TIME #

  2. PP alguns sites estão informando que o São Paulo arcará com 100% dos salários do empréstimo do Maicosuel ao Grêmio, porque exames constataram desequilíbrio muscular e um problema crônico no púbis, ou seja isso é uma vergonha, contrataram ele bixado e ainda o colocaram pra jogar este ano na primeira rodada do paulista e nada acontece com esse Departamento Médico, isso é um absurdo o atleta é o menos culpado nessa situação.

  3. Se Vitor Ferraz chegar, eu tiraria Petros e colocaria três zagueiros com Arboleda, Rodrigo Caio (na sobra) e Anderson Martins…o meio ficaria só com Jucilei..o meio pra frente com Nenê, e o ataque para mim ficaria a dúvida.Por que 3 zagueiros?Para liberar de vez os laterais.Os gambás ganharam campeonatos com a força dos laterias e com uma retranca que a imiprensa igualmente gambá não gosta de falar.

  4. Acredito que o Dorival pisou ferro na bola com as substituições. Agora espero sinceramente que com o Valdívia o M. Guilherme vá para o banco, pois ele é fraco e no máximo é jogador de segundo tempo. Podem não concordar mas ele parece o queridinho da vez. Tira todo mundo menos ele. Era como com o Oswaldo. Ah, sinceramente o Diego Souza não tem cacoete de 9.

  5. parabéns paulo pontes , mais um editorial do seu planejamento para afundar ainda mais o soberano .

    continue assim com esses editoriais , a turma do soberano na serie B agradece

    agora não esqueça , quando soberano não disputar mais nada ou tive pertinho da zona de rebaixamento, ai o senhor reclama do planejamento de 2018 que o senhor está ajudando a construir

    RAÍ O TEMPO ESTÁ PASSADO E O CUCA PODE IR PARA OUTRO TIME ,AI JÁ ERA O ANO DO SOBERANO

      • marcos , se realmente o cuca for para outro time , eu acho que esse ano o soberano pode ir para serie B

        você e o dono do site vão ficar muito feliz com o soberano brigando por rebaixamento .

        dorival jr é a pessoa certa para serie B

        abraços pra você

  6. Quando temos que ficar procurando algum mérito é porque, realmente, não existe nenhum!
    Não dá para se conformar porque o time jogou nota 6, por alguns minutos, e contra o Bragantino, que está muito ruim neste ano. O que devemos esperar quando, por exemplo, enfrentarmos o Palmeiras? Não perder de goleada estará de bom tamanho?
    Melhor começarmos a questionar o trabalho antes que a “vaca vá para o brejo”!!!

  7. Fizemos para o gasto, mas por pouco nao saimos com um empate e ate uma derrota pq o bragantino apesar de ser um time fraco soube aproveitar as muitas falhas, vi muitos erros de passe, de bolas perdidas, de má colocacao, de erros infantis, e a unica explicacao para todo esse cenario é que seu DJ esta usando o Paulistinha para ajustar o time para a Copa do Brasil e Brasileirao, mas como disse PP que lambança seu DJ fez nas substituicoes, as vezes eu acho que os treinadores nao pensam bem antes de fazer uma substituicao, analisando como esta o andamento da partida, ou sofre pressao por parte da diretoria e empresarios para colocar determinado jogador, enfim se seu DJ nao fizer nenhuma cagada e os jogadores jogarem o que sabem com certeza teremos um ano promissor e melhor que 2017.

  8. Quase perdemos esse jogo. Péssimo 2º tempo. Tirou o D. Souza, Cueva e Nenê e quem vai armar?. Time sem entrosamento algum, passes de 3 metros eles erram e não completam uma tabelinha sequer. Assim vamos sofrer muito. O Dorival nada tem mais para mostrar.

    Cuca já!!!

  9. Me desculpa o palavrão, que porra de torcida é essa?
    Uma burrice GIGANTE, do tamanho do mundo, de trocar o treinador agora.
    Treinadores já foram trocados aos montes, e nada deu certo.

    Estamos em fevereiro ainda. Vou esperar até abril.

  10. Acho engraçado como a torcida de forma geral faz análise com claros problemas de inteligência. Com a derrota vem choro e ranger de dentes, na maioria das vezes dizendo que interessa “é a vitória”. Com a vitória, vem a alegação de que deveria ser com show, espetáculo, o que há tempos não faz parte da realidade, não do SPFC, mas do futebol “titês” brasileiro. Foi o primeiro jogo com essa escalação. Nesse ponto, concordo com a avaliação do primeiro tempo. E realmente fez lambaça o treineiro atual no segundo tempo. Cobrado já está sendo, mas o momento de cobrança pesada tem que recair na próxima semana. Tomara que não seja dado cinco dias de folga, apenas um coletivo e depois só o rachão que não leva a nada. Estamos de olho Dorival!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*