Modernização administrativa foi um sonho de inverno

Amigo são-paulino, leitor do Tricolornaweb, quando você imagina que tudo vai melhorar, que as mentes serão arejadas e poderão trabalhar pelo bem, chega a notícia que joga tudo por terra.

Longe de ser pessimista – me considero otimista até em excesso -, mas senti que o prédio que se edificava começava a ruir antes mesmo de ficar pronto após a reunião do Conselho Deliberativo, semana passada. Naquela ocasião, Abílio Diniz foi apresentado aos conselheiros pelo presidente Carlos Miguel Aidar. Ele seria o responsável pela profissionalização da gestão. Até deixou os conselheiros entusiasmados com sua explanação, mas usou uma frase que pode ter selado sua atuação no São Paulo: “eu vou ensinar a pescar, não dar o peixe”. Com isso deu o recado a quem esperasse que ele assinasse um cheque em branco que não o faria, mas trabalharia para trazer recursos ao clube.

Alguns leitores cobraram minha posição em relação ao tema e eu pedi que esperassem alguns dias, pois queria ver na prática os desdobramentos. Pelo que me havia chegado ao conhecimento, Abilio Diniz indicou o CEO e nomearia gerentes remunerados para cada área. Aos vice-presidentes e diretores atuais caberia a fiscalização dos trabalhos e a eles seria reportado tudo o que fosse feito. Mas, no português claro, Carlos Miguel Aidar viraria “Rainha da Inglaterra” e os vices e diretores os “assessores da rainha”.

Num primeiro momento achei a ideia fantástica. Seria a modernização da administração do São Paulo, início da recuperação financeira e abertura de um horizonte muito promissor. Por outro lado, conhecendo bem os vices e os diretores, achei que seria muito difícil ser implementado o projeto, pois afetaria o ego exacerbado de muitos deles.

E…Bingo! Acertei. Hoje deparo com a notícia de que Carlos Miguel Aidar está “fritando” Alexandre Bourgeois, o CEO trazido por Abílio Diniz. A explicação dada por membros da diretoria com os quais conversei é de que ele teria “vazado” a informação da venda do Boschilia e responsabilizado por não ter dado certo. Mas a leitura que faço é que tanto Carlos Miguel Aidar quanto os vice-presidentes não vão querer perder a boquinha e deixarem de mandar, se submetendo a ordens de quem nem conselheiro é, no caso Abílio Diniz e, pior, Alexandre  Bourgeois.

Dessa maneira começo a ver que nada vai mudar. Aidar criou o tal fundo dos notáveis e o que ele esperava era que Abílio Diniz chegasse com mais cheque e menos caneta. Aproveitou a situação de maneira política para abafar, naquela reunião do Conselho, explicações devidas pelo vice-presidente de Marketing e Comunicação, Douglas Schwartzmann, por ser representante de Jack Banafsheha no Brasil. Lembrando que Jack é proprietário da Zanetti Group – do qual Douglas é representante – e também da Far East, empresa que intermediou o contrato entre a Under Armour e o São Paulo e gerou uma comissão de R$ 18 milhões. Aliás, por falar nisso, o presidente disse que não pagaria e até agora ela não processou o São Paulo? Estranho, não?

 

21 comentários em “Modernização administrativa foi um sonho de inverno

  1. Com tudo que acontece gera suspeitas ate’ em quem posta, por isso aprendi que ficar fucando na imprensa por melhor que sejam, so’ geram mais incertezas,
    como o que acontece por aqui, apesar da idoneidade do PP, sempre tem os
    contras, os que acreditam ainda em PPnoeis.
    E vivam os kkkartolas donos do pedaco junto com todos os PoliTicos desse paiz que um dia foi uma esperanca verde que na’o amadureceu, porque apodreceu antes.

  2. Paulo Pontes,
    Ja considerei este canal como um dos melhores em informações sobre nosso amado SPFC, mas a fonte da informação ê de um setorista que observou no clube? Dessa forma que você checou antes do editorial? MEU DEUS…

    • Não, amigo. Apesar do setorista a que me referi ser da Jovem Pan, emissora em que trabalho, e que tem alto teor de ética e confiabilidade, os dados foram publicados em diversos sites e emissoras de rádio. Portanto, não vamos brigar com a notícia. Não sou opositor à atual diretoria, muito menos ligado a ela. Apenas uma pessoa que ama muito o São Paulo e faz do clube um de seus motivos de vida. Simples assim.

  3. Quando saberemos se alguma mudança acontecerá, e em que nível acontecerá?
    Se desistirem dessas mudanças, a figura do CEO, juntamente com os profissionais já contratados, continuará sendo importante ou passa a ser descartável?

  4. Se houvesse transparencia e menos PoliTicalha atingiriamos o cume, sempre.
    Porem, na’o e’ o que vemos por todos os lados.
    PPais noeis na’o existem, existem apenas lobos e vorazes.
    E lobaiada travestida se apoderou do nosso SAOPAULO.
    Diniz, seria uma soluca’o de honestidade, a medio e longo prazo.
    ??? Querem ????
    Nem adianta perder tempo.

  5. O Abilio Diniz estar certo quando diz que tem que ensinar a pesca, o duro é a diretoria do São Paulo aprender a pescar, mexer com ego deles é complicado.
    Para o São Paulo FC renascer precisa uma faxina geral, desde o porteiro ao presidente, se não for assim vamos fechar para balanço como foi feito na decada de 30. Os mais velhos sabem que o São Paulo foi refundado em 1935.

  6. Nobre PP ,

    Não questiono sua informações , agora quanto a opinião cada um tem a sua ….
    Questiono sim a impressionante capacidade da imprensa em denegrir o SPFC e a torcida cai nessa ……são tantas especulações e informações que não se concretizaram que se fosse jornalista teria vergonha de participar de toda essa desculpe não encontro outra palavra ..palhaçada ….

    Saudações Tricolores

    • Claro, Ricardo, opinião tem pessoalidade e sempre vou respeitar a sua. Não fiz esta crítica a você. Desculpe se me fiz entender errado. Mas no site não colocamos informações sem um mínimo de critério. Às vezes até me incomoda, mas deixo à leitura e análise dos internautas. Quando a transformo em editorial, é porque foi completamente checada. No caso, como respondi ao João, o reporter da Jovem Pan, que cobre o dia a dia do clube, me trouxe essa informação, antes mesmo do Uol publicá-la. Abraços e meus respeitos.

      • Confio na informação, mas convenhamos a mudança que esta proposta sofrerá resistência ou alguém acredita que todos entregarão seus poderes de bandeja. Esse atrito do CEO com o próprio presidente é natural. Vejamos em uma perspectiva muito mais ampla o caso do ministro da fazenda e da presidenta. Por diversas vezes os dois entram em atrito e até parece haver uma discordância. Vou citar as palavras de nosso ministro ” as medidas não são sexy nem divertidas”. Não considero sobremaneira esses atritos como um processo de fritura mas sim o processo de mudança. Aidar assim como Dilma sabe que sua sobrevivência depende do bom trabalho deste CEO.

        • E meu amigo se o aidar tentou tirar grana do Abilio dando corda para ele o tiro saiu pela culatra. Abilio como grande empresário que é traçou um caminho que se aidar não seguir agora ele sofrerá grande perda de credibilidade. Abilio virou o jogo e agora ficou difícil aidar sair disso sem traçar o caminho que Abilio apontou.

  7. Paulo faz sentido. Talvez a estratégia do Aidar era dar corda para o Abílio e achar que hábil empresario daria um cheque para resolver os problemas do SP e ao mesmo tempo abafar o caso da comissão de 18 milhões….
    No entanto Abilio como empresario que é , talvez até bem intencionado,viu a possibilidade de profissionalizar a administração do tricolor.
    Desejo que este CEO permaneça o tempo suficiente para mostrar a todos de fora do SP quais são os vícios desta administração.

  8. Paulo, não acredito que Ricardo esteja colocando em dúvida suas opiniões, mas as da imprensa em geral, em especial as do UOL. O Lance, por exemplo, também só está colocando manchetes negativas.”Lambrança” no caso Boschillia, cuja paralisação da negociação nem culpa nossa é, mas do Guarani…hoje na página do Corinthians a matéria é “Gigante!”,enquanto que a do São Paulo é “Investimento de risco!” para a contratação de Luiz Eduardo (que, concordo, não é nenhuma contratação bombástica mas convenhamos, não dá pra saber se é boa ou ruim sem ver o jogador..).Não duvido de suas informações, mas só torço para que isto tudo não se confirme.Acho difícil acreditar que um presidente (qualquer um,não só Aidar)queira entregar o poder de bandeja, qualquer que seja o planejamento, mas daí a EFETIVAMENTE fritar um CEO seria um erro terrível da parte dele, tomara que isto não se concretize. O que quero dizer é que suas informações são válidas, mas torçamos para que seja apenas mais uma “apimentada” da imprensa esportiva e não se transforme em realidade.

    • João, não esqueça que eu trabalho na Jovem Pan e que temos um reporter que cobre o dia a dia do São Paulo, no caso o Márcio Spimpolo. Apesar de termos publicado a matéria do Uol, ele trouxe essa informação de lá pelo que observou e colocou no ar. Portanto, confio muito na informação dele e por isso fiz o editorial.

  9. Depois deste projeto mal acabado de diretoria e conselheiros carcomidos e de ego inflado endividarem nosso clube e o relegarem a um papel secundário no plano nacional eu nao duvido de mais nada, eu tinha certeza que não seriam autruistas e sederiam o poder e as regalias em prol da instituição.

  10. Fica aí a prova cabal do que é a política, seja no estado ou em um simples clube. A ideia nunca foi pensar na instituição, e sim como se aproveitar dela.
    Que dilema né? Você tem a chance de fazer um bem enorme pro São Paulo, mas pra isso vai ter que perder a posição confortável de parasita… como escolher entre as mentiras que foram contadas na eleição e a verdadeira intenção por baixo dos panos né?

  11. A imprensa Cu-rintiana faz de tudo para desestabilizar o São Paulo, vide o programa ridículo do horário do almoço na Band, se joga São Paulo e Ponte Preta… se o Tricolor ganha a manchete é “Derrota da Ponte” se a Ponte ganha a manchete é “Vitória da Ponte”… raramente se referem diretamente o São Paulo… se for para falar do São Paulo é só sobre desgraça e plantar fofoca…

  12. Nobre PP ,

    Vc está baseado sua informação na noticia do UOL ??? Todo São Paulino sabe que esse referido site faz com relação ao SPFC , não seria mais prudente aguardarmos um pouco para ver o desenrolar dos acontecimentos , o Aidar trouxe o Abilio diniz mas próximo ao Conselho ….e agora quer fritar o CEO ???Não tó entendendo mais nada . O Ataide disse que a negociação com o Boschila vazou de dentro da sua diretoria …..ah e a imprensa noticiou que ainda não foi conlcuida por problemas com o Guarani ….ou seja a materia do UOL ah sem comentários .

    Vou adiantar algumas manchetes da segunda-feira : ( O SPFC vai vencer os de preto)

    – Time ingles vai fazer proposta por Pato
    -Osorio ainda sofre com desconfiança de jogadores
    -SPFC tem desempenho de rebaixado como visitante
    -Time italiano se irrita com diretoria e desiste de Toloi

    Saudações Tricolores

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*