Deu gosto de ver o Tricolorzinho jogar

Amigo são-paulino, leitor do Tricolornaweb, demorei um tempo para escrever um editorial sobre o time de juniores do São Paulo por entender que estávamos enfrentando adversários fracos, que não conseguiam mostrar o real valor do time. Os 7 a 0 na primeira partida, mesmo os 4 a 0 da segunda esconderiam o que poderia ser visto mais para a frente.

Mas nesta terça-feira, a partida que o São Paulo fez contra o Atlético-MG, goleando por 4 a 0, foi impecável. Começou o jogo adiantando a marcação, forçando o erro do adversário e, com isso, os gols foram saindo transformando o jogo num verdadeiro passeio tricolor.

Me chamam a atenção nesse time alguns jogadores: Lucas, João Paulo e Luis Araújo. O volante, Gustavo Hebeling, marca bem, corre o campo todo, mas tem um péssimo passe. E tem o Mateus Queiroz, que não jogou esta partida, que é um belíssimo jogador.

Longe para dizer se estão prontos para o time de cima. Quase todos eles tem, pelo menos, mais um ano na equipe de juniores. Também não estou dizendo que depois desta noite podemos considerar favorito para ganhar o campeonato. Mas que foi muito bom ver a apresentação do São Paulo, principalmente sabendo quem será nosso adversário na semifinal, isso não há dúvida.

Vamos esperar e torcer. Quem sabe possamos ter um início de 2015 dos mais promissores, com a garotada de Cotia.

11 comentários em “Deu gosto de ver o Tricolorzinho jogar

      • Endereço falso. Aliás, se existir o tal site e me provarem a seriedade dele, posso ver se existe a tal resposta e publicá-la. Mas, não seria mais fácil encaminhá-la para mim? Ou se você viu, por que não me encaminha? Espero que não estejam aqui com “maquiavelices políticas”, pois tenho como identificar isso e não terei o menor problema em vetar os comentários que julgue nocivos.

  1. O torcedor normal, tem o costume, de analisar tanto no aspecto coletivo e individual, apenas por uma partida. Vamos aguardar com confiança, porém com bastante equilíbrio. O único jogador, que estou observando, desde a Copa do ano anterior, chama-se Gustavo Hebiling, na época com 16 anos. Volante moderno, excelente marcador, vai ao ataque com facilidade, grande mobilidade e discordando de meu amigo Paulo Pontes, porém respeitando sua crítica, clareia todas as jogadas com passes e lançamentos perfeitos. Para mim, é a grande referência deste time. Vamos observá-lo melhor.

    • Concordo com sua visa’o,
      passe bom, lancamentos longos muito bons para um garoto,
      e ajuda muito nas saidas e cobertura, gostei muito dele,
      como tambem dos demais no sentido tatico coletivo,
      quanto a idade desse time em torno de 17,
      seu posicionamento tatico e’ muito mais consistente que o profissional.

  2. A parte tática beirou a perfeição. O Menta mostrou muita competência. Estudou a forma de jogar do CAM e optou pela marcação no campo do adversário, porque sabia que a zaga tentaria encurtar o espaço do nosso ataque para evitar a rapidez dos nossos atacantes. O Paulo destacou os atacantes João Paulo e Luiz Araújo, bem como o incansável meio campista, Lucas Fernandes. Como eu gosto de defesas bem arrumadas e com excelência na bola aérea, vou destacar a atuação perfeita dos zagueiros Hugo e Vitor, ambos imbatíveis por cima e muito eficientes em baixo. Completando a boa atuação da defesa, Foguete e Mateus foram perfeitos na marcação e ainda ajudaram no ataque. Um jogo para ficar marcado em nossas memórias…

  3. Esse time tem a tal intensidade,
    coisa que falta nos profissionais de cima.
    Menta, e’ muito bom e conduz de forma competente
    a parte tatica, administrou o ego passado de kotia do gerardo e jj,
    e, formou um belo sub 17, sem as estrelas renomadas anteriormente
    Parabens, gostei do que vi.

  4. Em entrevista a beira do gramado Luis araujo, o nome do jogo quando questionado sobre os seus objetivos somente se referiu a conquistas particulares e não citou o tricolor em nenhum momento, nem do time, somente o Eu, Eu, Eu… Acho que esse negocio de amor a um clube por parte de jogador realmente é raridade, coisa que muito poucos tem, ou mesmo ninguém… Isso me decepciona no futebol

  5. João Paulo, Lucas Fernandes e Luís Araújo, que grande ataque tem o tricolorzinho!!! Esse Luíndice Araújo é muito rápido e finaliza bem. É uma ótima opção pra ponta.

Deixe uma resposta para marcos Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*