Empate sem valor no Morumbi

Amigo são-paulino, leitor do Tricolornaweb, todo dia de jogo do São Paulo é dia especial para mim. Mas hoje o jogo seria daqueles que não valeria nada. Aliás, valia, sim, pelo novo recorde de Rogério Ceni. E isso, por si só, já foi mais importante que o próprio jogo.

Um jogador atingir 1117 jogos envergando a camisa de um clube não é para qualquer um. E não é mesmo. Antes dele, apenas Pelé, o rei do futebol, havia atingido a marca de 1116. Agora Rogério, o M1TO, é recordista. Vai para o Livro dos Recordes. Fez história. Uma história que pode ter acabado no Morumbi neste domingo. É que, graças à Independente (salve, Independente!) não jogaremos contra o Coritiba no Morumbi. E se não vencermos a Ponte Preta por três gols de diferença na quarta-feira, estaremos fora da Sul-Americana. O que quer dizer que não jogaremos mais no Morumbi este ano. E se Rogério se aposentar mesmo, no Templo Soberano e Monárquico do Futebol não mais o verá atuando com a camisa um do São Paulo.

Pena que foi um dia de muita chuva, com pouco mais de 12 mil pessoas no estádio e um empate contra o Botafogo. Poderia ter sido melhor. Poderia ter sido disputando um título, como a Sul-Americana. Mas, foi um simples empate, quando marcamos a três minutos, sofremos o gol de empate com extrema naturalidade, chutamos três bolas na trave e o resto ficou por isso mesmo.

Por tudo isso o empate sem valor e eu preferi falar do recorde co M1TO, esse sim, merece toda a nossa reverência.

2 comentários em “Empate sem valor no Morumbi

  1. Jogadaca de genio de PHGanso que mesmo sem marcar merece placa,
    dificil de se ver nos dias de hoje, onde temos muitos cabecas de bagre
    por todos os times, inclusive no nosso.

  2. CENI 100- esse sim e idolo e MITO.
    Esta entre os maiores da nossa rica historia,
    e esta principalmente nos coracoes dos tricolores apaixonados
    por esse clube insuperavel.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*