Vitória com as marcas do M1TO, Aloísio e Muricy

Amigo são-paulino, leitor do Tricolor na Web, foi outra vitória épica. Assim como domingo, em Salvador, o São Paulo conseguiu aquilo que poucos esperavam. Depois do empate em 1 a 1 no Morumbi, o que nos obrigaria a vencer ou empatar com dois ou mais gols de diferença no Chile, o time foi lá em ganhou do Universidad Católica, depois de estar duas vezes atrás no placar.

Foi uma vitória com marcas de Rogério Ceni, que fez uma das maiores partidas de sua carreira; de Aloísio, que conseguiu unir sua tradicional raça com oportunismo e faro de goleador; e Muricy Ramalho, que sem dúvida alguma trouxe vida nova a um time que estava no fundo do poço, brigando para não ser rebaixado no Brasileiro, e hoje respira no nacional e está nas quartas-de-final da Sul-Americana. Já é possível sonhar com a Libertadores.

Uma coisa que me assustou foi a defesa do São Paulo. Rodrigo Caio foi mais volante que zagueiro, mas não cobriu o lado direito da defesa. Paulo Miranda era facilmente envolvido pela dupla que descia por ali, enquanto Douglas, sem cacoete de lateral esquerdo, tomava um baile do lado direito chileno. Para completar, Rafael Toloi fazia uma partida desastrosa, deixando Edson Silva mais vulnerável que o normal.

O correto seria tomarmos uma goleada, tal a fragilidade defensiva. Mas aí entrou Rogério Ceni, que fez uma das maiores partidas de sua brilhante carreira. Calando a boca de alguns críticos que teimam em pedir sua aposentadoria, ele fez o que dele se espera: defendeu a meta tricolor. Não precisa bater pênaltis. E ali ele é imbatível. Um M1TO. O maior goleiro do Brasil. Um dos melhores do mundo, ainda hoje, com 40 anos de idade. Não tenho dúvidas em pedir a renovação de seu contrato por, pelo menos, mais um ano. Ele ainda tem muito a dar pelo São Paulo.

Quanto a Aloísio, não acho que seja o centro-avante ideal para o São Paulo, mas não há dúvida que nesta noite de quarta-feira ele foi soberbo. Lutou, marcou dois gols, fez a assistência para um, fez o que se espera de um centro-avante do Soberano.

E teve a acompanhá-lo Paulo Henrique Ganso. Seu futebol está enchendo meus olhos. Ele, a cada jogo, sobe um degrau no patamar técnico. E não podemos nos esquecer de Maicon, que também teve grande atuação.

Foi uma noite de explosão, de sofrimento, sim, mas de alegria por ver, de novo, meu Tricolor mostrando porquê é Soberano.

11 comentários em “Vitória com as marcas do M1TO, Aloísio e Muricy

  1. Um guerreiro que consegue a facanha de fazer o primeiro gol do TRIMUNDIAL,
    deixando toda a defesa para traz num giro magico, e numa cavadinha
    de cinema, nao pode se considerado grosso.
    Um guerreiro que pela sua vontade de ajudar o time consegue ate ler
    o que Ganso vai fazer com a bola e se colocar no caminho dela e
    ser frio na frente do goleiro adversario e marcar com classe o segundo gol,
    nao pode ser considerado grosso.
    Um guerreiro que consegue fazer a assistencia incrivel para Ademilson,
    fazer o terceiro gol, nao pode ser considerado grosso.
    Ainda chutou uma bola na travessao, e quase marcou outro gol se infiltrando
    no meio dos defensores.
    Ja chamei esse guerreiro ALOISIO de grosso, mas no bom sentido, um grosso
    que agita que soma e que se agitanta em campo quando mais precisamos.
    Para mim hoje, Aloisio, esta entrando para a galera de nossos grandes
    idolos que marcaram suas epocas, tipo TERTO, SERGINHO CHULAPA,
    e GINO (este nao vi jogar) mas e lembrado como um grande guerreiro tambem.
    Estou citando esses principalmente porque nao eram craques na acepcao da palavra como
    CARECA ou MULLER, mas eram guerreiros valorosos como ALOISIO
    esta se tornando, ainda falta um pouco mas esta no caminho dos
    grandes idolos sem duvida nenhuma, principalmente pela sua simplicidade
    e comunicacao descontraida.
    Parabens, Aloisio, voce me conquistou pela sua dedicacao
    continue assim .
    Jamais o chamarei de grosso, apos esse jogo memoravel
    que voce ajudou a ser transformado em vitorioso.

  2. O tal de fabuloso (não sei do quê) não merece ficar no banco, pois lá também precisa de um atleta que entre com garra para ajudar o clube, e não para ficar procurando expulsão.

    Fabuloso fique no reffis, em casa, na praia, no boteco… e esquece o time, não precisamos de você e suas confusões e reclamações !!!!!

  3. Quem diria hein? Um elenco chamado de medíocre inclusive por mim, parece que reverteu o quadro, tomou vergonha na cara, parece que agora há união, curiosamente isso acontece na ausência do gerente do reffis, do “nada” fabuloso, do pipoca ou pipoqueiro, como queiram. Muricy, por favor deixa ele amargar no banco, no fundo, no fundo acho que é isso mesmo que ele quer.

  4. Parabéns aos jogadores e ao técnico Muricy, que pelo menos honram o salário que recebem !

    Parabéns Aloísio, grosso ou não o SPFC depende de quem entre em campo e lute pelo clube, e não de uns inúteis que somente se mantém atrás de um nome.

    E Ceni é Ceni !!!

  5. PARABENS TIME DE GUERREIROS, que se transformou nosso TRIMUNDIAL,
    sem o pipokkka. O time e limitado na maioria dos setores, mas tem garra,
    e principalmente um DT de verdade, Murici, aqui e trabalho filho, agora
    sim vou comprar duas dessas camisetas, mas ta em falta na loja oficial.

    • Partida Atretico e Coritiba, arbitro essa insignificancia que nos opera sempre
      o tal de ricci, o que se significa roubo contra nos, que passa batido
      por esses malditos da diretoria, coniventes.

      No intervalo, a alegria deu lugar ao caos. Para apartar briga entre duas facções de torcidas uniformizadas rivais do Atlético-PR, a polícia agiu com truculência, fazendo uso de gás de pimenta e tiros de borracha. A confusão atrasou o reinício da partida, pois um dos alambrados do Durival de Britto ameaçou cair. Foram 27 minutos entre um tempo e outro.
      Texto retirado do jornal Lance

      ???? O que aconteceu com esse tumulto ????
      ???? Alguem foi punido ????
      Me informem por favor, estamos a nove dias do acontecido e ja vao
      nos ferrar, e esse jogo do Parana foi no dia 6 de outubro, portanto dezesseis
      dias, estou curioso pra saber qual foi o procedimento adotado com
      essa paulera acontecida la, pelo stjd
      ???? Ou punicao vale so pra ca ?????
      Nao se fala nada em lugar nenhum, tambem nos nada sabemos,
      com certeza nem denunciados foram.
      E se isso realmente aconteceu, seria uma boa forma de fundamentar
      nossa defesa, que mesmo assim sera inutil, com certeza.

      • Bom pesquisei no site do Atretico que nao esquece a enrabada de 4
        na Libertadores, segundo esse indecente petralha, foi garfada, isso
        muitos anos depois e nao consegue dormir direito, ate hoje, pelos acontecimentos
        registrados naquela decisao, o fato e que FOMOS TRILIBERTADORES em cima
        desses coitados.

        Levaram duas partidas pela briga entre torcedores naquele jogo,
        inclusive nosso jogo sera em Joinvile, cidade muito favoravel as
        nossas cores, muito mais que para eles com certeza.
        Amanha saberemos o tamanho do nosso prejuizo
        por conta dos aliados do jj.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*