Vitória tranquila de um time adulto

Amigo são-paulino, leitor do Tricolor na Web, o São Paulo cumpriu sua obrigação e ganhou do Figueirense, no Morumbi, por 2 a 0. Ajudado pela vitória do Santos sobre o Vasco, agora está na G4, assumindo a quarta posição e, acho, para não mais sair.

O time voltou a jogar com sobriedade, marcando a saída de bola do Figueirense, exercendo grande pressão, o que desestabilizou o frágil time de Santa Catarina. O gol de Luis Fabiano, que abriu o placar, era questão de tempo. E saiu logo. Assim o como o segundo gol, que não tardou a sair.

Não vou ser aqui ufanista e achar que tudo está maravilhoso. Continuo achando que o elenco precisa de reforços. Mas que Ney Franco conseguiu arrumar o time e encaixar o jogo, isso é fato. E não tomo por base o jogo de hoje, mas as apresentações contra a Portuguesa, o Botafogo, o Palmeiras e, principalmente, o Vasco. O time vem crescendo jogo após jogo e ganhando confiança. Só lamento que isso aconteceu muito tarde, quando já não temos tempo de brigar pelo título.

Pela sequência de jogos, me parece possível imaginar que a tendência é abrirmos uma boa diferença para o Vasco. Afinal jogaremos com o Atlético-GO, no Morumbi, enquanto o Vaso faz o clássico contra o Botafogo. Convenhamos, muito mais difícil a situação dos cariocas. E não impossível imaginarmos um empate no Rio, com vitória do São Paulo. Ficaríamos quatro pontos à frente do Vasco.

E tem mais um detalhe: com o futebol que o São Paulo está jogando passo a colocá-lo como um dos grandes favoritos à conquista da Sul-Americana. Seria a recuperação de um ano que parecia estar perdido.

2 comentários em “Vitória tranquila de um time adulto

  1. Foi uma pena manter o Leão no comando time por tanto tempo. O certo é que o Ney Franco tem a cabeça mais arejada e a mantém no compasso do futebol moderno. Claro que é uam covardia chutar cachorro morto, mas convenhamos, todo mundo já sabia que o Leão é um treinador superado e fora do contexto da modernidade. O Presidente demorou muito para tomar uma decisão…e isso atrasou demais a evolução do time. Além da chegada do Ney, o retorno do Wellington e a chegada do Rafael Toloi foram fatores decisivos para a evolução do time no setor defensivo. Com um pouco de sorte, o Ney ainda descobriu um lateral direito…

  2. E caro Paulo Pontes, mas isso nao da o direito de o Tricolor depois de abrir os 2×0 jogar um futebol relapso desde os 25 ou 30 min do primeiro tempo, tudo bem que ja estava resolvido mas deveriamos ter tentado, com claro cautela para ninguem sair machucado fazer mais gols pois saldo de gols e criterio de desempates se nao estou enganado e o time nao jogou concentrado ficou disperso e alem de nao fazer uma jogada que prestasse tambem nao deu chute decente em todo segundo tempo ao gol do Figueiresense. Ridiculo, se eu estivesse no Morumbi pediria o dinheiro do ingresso de volta. Nao gostei da atitude do time no segundo tempo.Abs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*