Meu profundo agradecimento a Juvenal e sua diretoria

Amigo são-paulino, leitor do Tricolor na Web, é momento de agradecer ao presidente Juvenal Juvêncio por tudo que tem feito pelo São Paulo. Naturalmente, nesse contexto, não posso deixar de lado a diretoria que prima por falar amem a tudo que nosso “soberano” faz.

– Agradeço pelo tricampeonato brasileiro, quando tínhamos uma base sólida e trabalho de longo tempo muito bem elaborado pela comissão técnica, fruto, é verdade, da administração de Marcelo Portugal Gouvêa que nos deixou como legado, além disso, o tri da Libertadores e o tri Mundial..

– Agradeço pelo desmanche que foi feito no time e, apesar do tri Brasileiro consecutivo (hexa, na verdade), vimos um elenco se deteriorando ano a ano, saindo do toque de bola, do passe, da tabela, para uma retranca absurda e constantes chuveirinhos na área adversária.

– Agradeço por ter exterminado a melhor e mais gabaritada comissão técnica, capaz de criar um Refis e torná-lo modelo para todo o mundo.

– Agradeço por rasgar o estatuto do clube, que tirou dos sócios a possibilidade de tentar impor uma renovação após quatro anos de mandato dos conselheiros, passando para seis anos e se perpetuando no poder, nos porões do Conselho, ao aprovar um novo estatuto que lhe deu, entre outras coisas, três mandatos.

– Agradeço por ter contratado técnicos reconhecidos em todo o País para dirigir nosso time, como Paulo Cesar Carpegiani e Adilson Batista. Mais ainda, por ter acreditado que Sergio Baresi poderia ser efetivado no cargo de técnico daquele que se considera o maior clube do Brasil e um dos principais do mundo.

– Agradeço por ter montado elencos jovens e robustecidos, com Léo Lima, Carlos Alberto, Cleber Santana, Fábio Santos, e mais recentemente com Piris, Paulo Miranda, Edson Silva, entre outros.

– Agradeço por não ter feito um mínimo de esforço para repatriar Danilo. Acho que ele já estava velho demais para jogar em nosso time.

– Agradeço por ter brigado com Deus e o mundo, se inviabilizando com a CBF, a Federação Paulista de Futebol e todos os clubes, perdendo o Morumbi para o Itaquerão, para a abertura da Copa do Mundo.

– Agradeço por ter perdido a força de bastidores, marca registrada no grande São Paulo FC e ser roubado escandalosamente em partidas simplórias, dentro do nosso templo sagrado.

– Agradeço por ter permitido que a imensa massa são-paulina pudesse acompanhar, pela TV, os títulos paulista e da Libertadores do Santos e o Brasileiro do Corinthians, ano passado, enquanto nós conseguimos, com galhardia, a classificação para a Copa do Brasil e Copa Sul-americana.

– Agradeço por ter dado sequência, com brilhantismo, a esta situação em 2012 e estar nos permitindo ver mais uma vez, pela televisão, o título paulista do Santos, a Copa do Brasil do Palmeiras e a Libertadores do Corinthians. Certamente, se o São Paulo estivesse numa dessas disputas eu não poderia estar no conforto do sofá de minha casa assistindo aos jogos, saboreando minha cerveja.

– Agradeço, finalmente, por saber que terei o senhor na presidência do nosso clube por ainda mais dois anos, e que seus assessores continuarão dizendo amem, sempre amem, para os desmandos que ocorrem em nosso clube. E serei mais grato ainda se o senhor conseguir nos levar à série B. Talvez lá consigamos um título inédito em nosso cartel.

17 comentários em “Meu profundo agradecimento a Juvenal e sua diretoria

  1. Ótimo texto.
    E o tal de Adalberto Batista então? Meu Deus….diretor de time de várzea.
    Este é o conceito do SPFC.

    Tomara que o Eduardo Mesquita Pimenta se encoraje de novo e faça o que fez em 1990 – pegou o SPFC no lixo deixado por este presidente fraco e transformou no maior clube do mundo por 2 anos.

  2. Gostaria de acrescentar mais dois agradecimento ao Ilmo. Sr. Juvenal Juvêncio

    – Agradeço, Sr. Presidente, por nao ter feito o minimo esforço em repatriar Françoaldo Sena de Souza, vulgo França, o melhor atacante que vi jogar com o Manto Tricolor. Quando o acordo poderia ocorrer, lá pelos idos de 2006-2007, o Sr. nao fez a minima questao de um minimo contato. Hoje, França está com 36 anos, sem clube, aguardando a cidadania japonesa para que algum clube japones o cntrate sem o peso de uma outra nacionalidade. “Ole lê, Olá lá, o França vem aí e o bicho vai pegar!”.

    – Agradeço imensamente tambem pelo Sr. ter rompido com o acordo de cavalheiros que prevalecia entre os grandes rivais de SP. Com a sua elegancia impar, as festas nos estadios nunca mais foram as mesmas, e a torcida visitante de todo clássico colhe os frutos, que voce, Ilmo. Presidente, plantou. Isto é, cargas de ingressos reduzidas ao minimo do minimo, cumprindo rigorosamente a letra da lei, e nao um acordo entre cavalheiros. Alem disso, os espaços dedicados aos visitantes sao os mais medonhos possiveis. Quando vou hoje ao Pacaembu nos clássicos com o “Corinthinas – American Pie” e fico naquele canto ridiculo, sinto saudade até de ficar no tobogã, como tambem sinto uma grande saudade de um grande amigo seu, o saudoso Marcelo Portugal Gouveia. por essas e outras, Valeu Presida!

    – Agradeço pelos 3 titulos Brasileiros conquistados na sua gestão, feito inedito para qualquer dirigente da historia. Agradeço tambem por, atualmente, o São Paulo Futebol Clube estar passando pelo terceiro pior perído de sua história, perdendo apenas para os idos Pré-Leônidas(1936-1942) e para o perido Projeto Maior do Mundo(1958-1970). Como denominariamos o presente periodo(2009-2012)?

    Por essas e outras, valeu Presida!

  3. Perpetuacao no poder eh coisa de sub desenvolvido.
    Vejam os paises que possuem o mesmo ditador a frente e me digam se eles progrediram.
    Vejam que fim levaram os clubes brasileiros cujos dirigentes se petpetuaram no poder.
    Moro nos EUA ha 15 anos, e aqui nao eh nem bom exemplo de democracia, mas mesmo assim aqui ninguem se perpetua no poder. Os brasileiros que nao pensam dessa forma deveriam vir aqui fazer um estagio e nao apenas para fazer compras.
    Muito vergonhoso que no Sao Paulo existam conselheiros retrogrados que ainda aprovam esse tipo de golpe. Gente baixa, mas normal em se tratando de um clube cuja maioria dos dirigentes apoiou a ditadura militar. Como nao conseguem mais isso na politica do pais, fazem isso nas associacoes em que se julgam donos.
    As vezes tenho vergonha de dizer que torco para um clube que tem esse tipo de dirigente.

  4. Ao
    Sr. Marcelo Abdul,
    Poder é uma coisa que poucos conseguem, quem o consegue reune méritos para tal. Somos 6-3-3 o “único time do mundo com tais qualificações, passo o meu “CANCER” para você.

    José Miguel de Andrade

  5. Mais triste que a administracao do Juvenal eh ver que ainda tem gente que se serve de capacho para ele ao defende-lo do indefensavel. Rastejante…

  6. PAULO VC ESTA 100% CERTO, FORA JUVENAL E SUA CUPULA DO AMEM, ALEM DO JUVENAL SABER QUE ESTA NA PRESIDENCIA ERRONEAMENTE, JA QUE PELO MEU CONHECIMENTO, ELE FOI DECLARADO PELA JUSTIÇA, QUE NÃO PODERIA CONTINUAR NO CARGO.

  7. A meu ver pouco importa a forma como se faz a crítica, desde que seja bem feita, fundamentada e que tenha como princípio a mudança de algo que nos incomoda.
    A presença deste sr. como presidente, acredito, incomoda boa parte da torcida são paulina não só por sua incapacidade em gerir uma agremiação de futebol como pela postura que vai contra a todos os principios deixados por seus antecessores.
    Os torcedores de campo ou de poltrona, fazem parte de uma só coletividade que custeia direta ou idiretamente todos os valores administrados por esta pessoa que age como se de seu bolso saisse.
    Tanta prepotência e arrogância são os mais claros sinais do inapto que através de sua verborragia se desqualifica cada vez mais.
    Ver e ouvir este sr. falar me provoca repulsa e pior, falando de algo que me é tão caro e de que tenho tanto orgulho.

  8. Paulo, concordo plenamente.

    O São Paulo só foi campeão de tudo entre 2005 e 2008, graças ao trabalho de Marcelo Portugal Gouvêa, iniciado em 2002, mesmo com os fracassos do começo de sua administração, sua base foi sólida.

    Ano após ano, o senhor Juvenal Juvêncio vem apequenando o São Paulo Futebol Clube, brigas e mais brigas, se acha o maior de todos, não admite os próprios erros.

    A soberba dos principais dirigentes do clube vem minando as forças da instituição São Paulo, não admitem o fracasso na montagem dos elencos de 2009, 2010, 2011 e 2012, afirmam que o elenco é bom, que não precisa de reforços.

    Não acredito que o torcedor comum do São Paulo, apoie essa atual diretoria.

    • Tales (você fez seu comentário apócrifo, mas temos os seus dados registrados no nosso banco) Aceito plenamente sua discordância, mas garanto que, mesmo sem conhecê-lo, vou MUIITO mais aos estádios (não só Morumbi) do que você. Portanto, não sou torcedor de sofá e, até por isso, estou sofrendo muito com o momento e garanto: o culpado não sou eu, mas quem você, pelo visto, apoia. Ou diz amem.;

      • Paulo,

        Liste 12 acertos nesta época então ….. e liste 12 (vai ser difícil escolher só 12) erros de gestão dos presidentes de outros clubes brasileiros ….. e já que gosta tanto de lista, liste as razões de estar junto com a marola de “protestos virtuais” de torcedores do São Paulo com muito mais emoção do que razão….

        • É lamentável que um belo texto tenha uma resposta tão escrota como a do senhor que usa um ponto de interrogação para se identificar.

          Deve ser mais um conselheiro puxa saco do Juvenal e mais um “falso torcedor de estádio”. Aquele que acha que o fato de ir ao Morumbi lhe dá o direito de ofender aos outros e não refletir próprios erros que o presidente de sua agremiação favorita comete.

          Muita paixão cega a razão. 12 erros dos times adversários? Poderíamos citar muitos. Mas o fato relevante é que o São Paulo não os cometia num passado bem próximo, por coindicência quando o atual mandatário não era o presidente do clube.

          Juvenal e seus conselheiros são um câncer na instituição São Paulo Futebol Clube e precisam ser extipados para o bem da torcida tricolor. Até mesmo aqueles que se identificam com ????.

          • Porque elogia tanto a diretoria passada então, se é praticamente a mesma? Ou você acha que o Marcelo Portugal Gouveia levou um golpe do Juvenal e é contra tudo isso? Porque acusa ser um câncer a diretoria em uma linha se na linha anterior você elogia a gestão de um ex-presidente que faz parte desta diretoria que você chama de câncer?

            Você é incoerente como o texto do Paulo. Você é emotivo e não racional como o Paulo. Você entende ser a simples saída do Juvenal a saída, quando na verdade, penso que não é. Mas entendo tudo isso….é natural, é o fardo da presidência de um clube tão popular como o São Paulo, mas não concordo que é só tirá-lo, como vocês afirmam tão categoricamente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*