Volta à zona de descenso “não passa pela cabeça” de Ganso

Depois de passar 12 rodadas na zona de descenso, o São Paulo saiu dela no domingo, com a segunda vitória seguida sob comando de Muricy Ramalho. Apesar de ter escapado apenas pelo saldo de gols, o time não considera a hipótese de ficar novamente entre os últimos quatro.

“Ninguém gosta de estar na zona de rebaixamento. Voltar (à ela), não passa pela cabeça de ninguém”, disse o meia Paulo Henrique Ganso, ao final do treino desta segunda-feira, no CT da Barra Funda. “Por isso, a gente já pensa em vencer o Atlético-MG, na quarta-feira, para se afastar de vez e continuar a subir na tabela”.

Como é considerável a diferença para o Vasco (time melhor colocado na zona de rebaixamento) no saldo de gols (-2, contra -7), teoricamente bastaria mesmo vencer o Atlético neste meio de semana para se garantir por ao menos mais uma rodada acima da região que rebaixa à segunda divisão.

Alguns torcedores já começam, inclusive, a sonhar mais alto na competição. O elenco, no entanto, reforça o discurso do técnico Muricy Ramalho de que a realidade da equipe não é outra no momento além de tentar se distanciar das últimas colocações da tabela.

“Torcedor começa a se empolgar, mas os jogadores têm total consciência de que estamos perto da zona de rebaixamento ainda. Precisamos nos afastar de vez”, lembra Ganso.

Válido pela terceira rodada do segundo turno da competição, o duelo com o Atlético está marcado para 21h50 (de Brasília) de quarta-feira. O volante Denilson volta de suspensão, porém o zagueiro Rafael Toloi recebeu o terceiro cartão amarelo e está fora deste compromisso.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.