Tricolor se prepara para saídas na janela europeia

O São Paulo já se prepara para sofrer perdas nesta janela de transferências para a Europa. Diversos jogadores do Tricolor atraem o interesse de clubes do Velho Continente e, como antecipado pela Gazeta Esportiva, o clube monitora o mercado para repor possíveis perdas.

Ainda antes do triunfo desta quinta-feira, contra o Vitória, no Morumbi, o diretor de futebol Vinicius Pinotti foi questionado sobre um possível desmanche do elenco, ao que respondeu de forma enfática. “Se perdermos algum atleta, será reposto no mesmo nível ou melhor”, afirmou o dirigente.

O técnico Rogério Ceni é outro que sabe que o São Paulo precisará fazer caixa com a venda de jogadores para a Europa nos próximos meses. Mesmo assim, o treinador ressaltou a necessidade de se manter os principais atletas do elenco

“Temos de olhar o que queremos no campeonato. Tivemos três saídas e falam do Rodrigo Caio, outros são sondados. Não sei como anda a parte financeira do clube, quais são as necessidades, mas temos de tentar segurar o máximo de jogadores possíveis para brigar pelo melhor no Brasileiro. Você vê a nossa necessidade que o Maicosuel chegou na quarta-feira e já jogou. O Araruna e Wesley estão voltando para a próxima semana e vamos ganhando corpo. Se for necessário vender, que seja na posição em que mais temos atletas”, disse o treinador.

A posição a que Rogério Ceni se refere é a defesa, onde o clube conta com Maicon, Douglas, Éder Militão, Lucão, Lugano e Rodrigo Caio. O último, no entanto, tem propostas da Itália e deverá deixar o clube, conforme dito pelo próprio Rogério Ceni.

Nos últimos dias, Luiz Araújo foi vendido ao Lille-FRA, que também fez sondagens pelo volante Thiago Mendes. Cueva é outro atleta alvo da Europa e está na mira do Galatasaray, mas não deverá ser negociado, assim como o centroavante Lucas Pratto, que teve proposta do Veracruz-MEX, mas não deixará o clube.

Sem divulgar nomes, as posições-alvo do São Paulo já são conhecidas. O clube busca um zagueiro para suprir a iminente saída de Rodrigo Caio, e um meio-campista. Este, pode ser um camisa 10, para deslocar Cueva para o lado esquerdo no esquema ideal de Rogério Ceni, ou um atleta para atuar pelos lados, com o peruano seguindo mais centralizado em campo.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

2 comentários em “Tricolor se prepara para saídas na janela europeia

  1. Podem sair todos; o único que faria diferença, saindo, seria o técnico – já estou comparando o trabalho do Rogério com o do Patão, que foi o pior treinador que já vi trabalhando no SPaulo. Infelizmente, porque, no início, acreditei no que ele falou: dar chances para a base; jogar estilo europeu, agredindo a bola onde ela estivesse; formação de linhas compactas e próximas uma das outras. E o que temos hoje? Do que foi prometido só sobrou os auxiliares europeus, cujos trabalhos, até agora, não consigo identificar…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*