Tricolor recebe o Coritiba para frear crise e iniciar “nova era”

Quando subir ao gramado do Morumbi, neste domingo, às 16 horas (de Brasília), o São Paulo buscará mais do que os três pontos diante do Coritiba, em duelo válido pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Tricolor tentará fazer as pazes com a torcida no Morumbi, onde não vence há quatro jogos ou desde o dia 10 de julho, e frear a crise que o atingiu após a derrota para o Juventude, da terceira divisão nacional, na última quarta-feira, pela Copa do Brasil, e ficou evidenciada pela manhã de terror que os atletas e a comissão técnico viveram no sábado, com a invasão de cerca de 500 torcedores organizados.

Além disso, o clube precisa de um triunfo para se distanciar da zona de rebaixamento, da qual é separado por apenas quatro pontos. Atualmente, ocupa o modesto 11º lugar da competição, com 27 unidades. Capitão e um dos líderes do time, o zagueiro Maicon confia que, com uma atitude diferente dentro de campo, o São Paulo inicie a reação com vitória no domingo.

“O momento é complicado, a bola não entra, os jogadores têm que estar tranquilos, como estão, e isso já vai começar a mudar no domingo. Temos jogadores competentes e com capacidade, e tenho certeza de que no domingo vai começar uma nova era, um novo São Paulo”, disse o defensor, em tom otimista.

Para amenizar a ira da torcida, que protestou após o revés diante da equipe de Caxias do Sul, Ricardo Gomes promoverá mudanças no time titular em relação àquele derrotado na quarta-feira. Embora o treino tático do último sábado tenha sido fechado, o técnico voltará com Buffarini e Mena nas laterais, já que Carlinhos não fora bem diante do Juventude, apesar de ter dado assistência para o gol de Andres Chavez, e Bruno sofrera estiramento na coxa esquerda.

O treinador ainda dará continuidade a João Schmidt como volante mais recuado, dando liberdade para que Hudson e Thiago Mendes auxiliem os meias Kelvin e Cueva. Com o esquema 4-1-4-1 mantido, Michel Bastos deverá iniciar novamente do banco de reservas. Rodrigo Caio, que tirou passaporte europeu na Itália durante a semana, reforçaria a zaga, que ainda terá Maicon. Mas, um estiramento muscular na coxa cortou o zagueiro na véspera. Assim, Lyanco deve ganhar nova oportunidade.

O centroavante Gilberto também desfalca a equipe. O jogador sofre com dores na panturrilha direita e sequer foi relacionado.

O técnico Paulo César Carpegiani terá pelo menos um desfalque para o jogo de domingo (Foto: Coritiba FC)
O técnico Paulo César Carpegiani terá pelo menos um desfalque para o jogo de domingo (Foto: Coritiba FC)

Em recuperação no Brasileirão e diante de um adversário direto na parte intermediária da tabela de classificação, o Coritiba vem de um meio de semana ruim após a estreia com derrota de virada para o Vitória pela Copa Sul-americana. Além disso, o técnico Paulo César Carpegiani ganhou pelo menos um desfalque para a partida.

Cada vez com mais espaço na equipe, o atacante Evandro se juntará aos treinos da Seleção Brasileira e é desfalque certo. O setor de ataque, entretanto, pode ter mais uma baixa. Kléber sofreu um pisão no pé em Salvador e será reavaliado. O jogador seguiu com a delegação, mas dificilmente terá condições de jogo. A tendência é pela entrada de Vinícius na frente, enquanto Juan voltaria para o meio-campo, com Benítez assumindo a lateral.

O comandante coxa-branca não terá muitas opções para modificar o time e sabe que a maratona de jogos está cobrando um preço alto. “Nós temos vários jogadores que estão voltando do departamento médico e que ainda não estão em boa forma. É o preço que estamos pagando por essa dificuldade e com alguns jogadores que ainda não estão no ápice. E o campeonato não perdoa isso. Precisamos de todos em boas condições”, analisou.

 

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO X CORITIBA

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 28 de agosto de 2016, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Francisco Carlos do Nascimento (AL)
Assistentes: Esdras de Lima Albuquerque e Pedro Jorge de Araújo (ambos de AL)

SÃO PAULO: Denis; Julio Buffarini, Maicon, Lyanco e Eugenio Mena; João Schmidt; Hudson, Thiago Mendes, Kelvin e Christian Cueva; Andres Chavez
Técnico: Ricardo Gomes

CORITIBA: Wilson; Dodô, Luccas Claro, Juninho e Benitez: Edinho, João Paulo, Juan, Raphael Veiga; Neto Berola (Bernardo) e Kleber (Vinicius)
Técnico: Paulo César Carpegiani

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*