Tricolor busca o milésimo gol, no Morumbi, em Campeonatos Brasileiros

A partida contra o Goiás, na noite desta quarta-feira (5), válida pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro 2013, poderá marcar o milésimo gol do São Paulo, no Morumbi, na competição nacional. Até agora, desde 1971, o Tricolor balançou as redes 999 vezes (não considerando os três gols do jogo anulado pelo STJD, na edição de 2005, na vitória por 3 a 2 sobre o Corinthians).

E a equipe do técnico Ney Franco tem pelo menos três candidatos que querem entrar para a história do clube. Paulo Miranda, Wellington e Douglas não são os goleadores do São Paulo, mas podem surpreender os goianos.

“Mais do que o gol mil, no Morumbi, vale a vitória sobre o Goiás que nos manterá na liderança do Brasileirão. É difícil imaginar um zagueiro fazendo gol, mas só quem está em campo pode conseguir. Quem sabe não sou eu”, brincou Paulo Miranda, que ainda não balançou as redes este ano.

Já o volante Wellington, provável substituto de Denilson (expulso contra o Atlético-MG, na última rodada), tem apenas dois gols em 116 partidas pelo Tricolor. No entanto, não descarta a possibilidade de ser o responsável pela marca histórica. “Ainda não sei se vou jogar, mas minha vontade de ajudar a equipe é enorme. Se vier o gol histórico melhor ainda” afirmou o meio-campista são-paulino.

Por fim, o lateral-direito Douglas, que bateu na trave nas primeiras rodadas do Brasileirão, surge como outro candidato. Diante de Ponte Preta e Atlético-MG, o chute do jogador parou nas pernas dos goleiros rivais e, contra o Vasco, foi o travessão que impediu o gol do camisa 23.

“São três jogos seguidos que eu quase fiz o meu. Acho que a bola está para entrar. Vou continuar tentando, até porque costumo dar sorte contra o Goiás”, disse Douglas, que curiosamente já anotou um tento contra o seu ex-clube. Durante a disputa da Copa do Brasil 2012, contra o Esmeraldino, no Morumbi, o lateral-direito marcou um dos gols na vitória são-paulina, por 2 a 0.

 

Fonte: Site Oficial

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.