Tricolor antecipa fim do contrato com a Penalty e terá nova marca em fevereiro

Os problemas entre São Paulo e Penalty devem ser interrompidos em breve. Isso porque o clube do Morumbi conseguiu antecipar o fim do contrato de fornecimento de material esportivo, que inicialmente terminaria em dezembro de 2015, para fevereiro do ano que vem. No mesmo mês, a nova forncedora do Tricolor, a americana Under Amour, já inciará os trabalhos.

Nas últimas semanas, a relação entre os parceiros ficou estremecida com os erros da Penalty na divulgação da camisa especial de Rogério Ceni. Um convite vazou na internet convocando a imprensa para coletiva de despedida do goleiro-artilheiro, que na última sexta-feira renovou com o São Paulo até agosto da próxima temporada.

A gafe da empresa nacional irritou os dirigentes são-paulinos, que passaram a cogitar a rescisão do contrato assinado no fim de 2012. O presidente Carlos Miguel Aidar chegou a propor uma rescisão amigável, mas já tinha tudo preparado até para uma eventual briga na Justiça. O mandatário ainda apareceu com um agasalho da Reebok, antiga fornecedora do Tricolor, em provocação à Penalty.

O atual vínculo seguirá até fevereiro de 2015, mas as camisas da marca brasileira ainda devem ser usadas durante todo o Campeonato Paulista, que termina em abril. O período servirá para que a Under Armour termine de elaborar sua linha para o São Paulo e consiga entrar no mercado brasileiro com mais alcance.

Tricolores e americanos conversam desde agosto e o negócio só foi ameaçado pela força das alemãs Puma e Adidas. Na última semana, no entanto, o L!Net apurou que o acordo entre as partes já estava praticamente selado. Agora, não restam mais pendências para que a parceria inédita tenha início em 2015.

A Under Armour é uma marca oriunda dos Estados Unidos e forte no futebol americano. Já no “soccer” a empresa ainda dá seus primeiros passos e tem como clientes o Tottenham (ING), o Colo Colo (CHI) e o Cruz Azul (MEX).

 

Fonte: Lance

 

Nota do PP: até onde consegui apurar, não houve rescisão amigável. A Penalty não abriu mão da multa contratual e esse valor será pago pela Under Armour. E o valor anual deverá ser de R$ 40 milhões.

 

3 comentários em “Tricolor antecipa fim do contrato com a Penalty e terá nova marca em fevereiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.