Sem Rogério Ceni, São Paulo enfrenta Inter para lutar pelo G4

Na semana em que Rogério Ceni comemorou 25 anos do primeiro contrato assinado com o São Paulo, o time do técnico Juan Carlos Osorio não poderá contar com seu capitão para receber o Internacional, às 19h30 (de Brasília) deste sábado, no estádio do Morumbi, com o objetivo de lutar pela quarta vaga da zona classificatória para a Copa Libertadores. Caso o Atlético-PR não vença o Joinville, em jogo também marcado para o sábado, o Tricolor poderá terminar a 23ª rodada do Campeonato Brasileiro no G4.

Antes da partida, a diretoria promete homenagear Ceni por mais uma histórica marca alcançada no São Paulo. Mas após o apito inicial, o ídolo tricolor vai acompanhar o duelo das arquibancadas do Morumbi. O goleiro se recuperou recentemente de uma lesão na coxa direita e ainda trabalha para retomar a condição física ideal. Como Ceni não participou de muitos treinos durante a semana, Osorio optou mais uma vez pela escalação de Renan Ribeiro.

Sem o capitão, o treinador colombiano contabilizará 12 desfalques para o jogo com o Inter. Estão lesionados os jogadores Denis, Lucão, Luiz Eduardo, Breno, Carlinhos, Luis Fabiano e Alan Kardec. Os titulares Wesley, Thiago Mendes e Alexandre Pato cumprem suspensão, enquanto Rodrigo Caio defende a Seleção olímpica. O lateral direito Bruno, que reclamou de dores nas costas, conseguiu se recuperar a tempo e vai a campo.

A alternativa encontrada por Osorio foi rechear o São Paulo de garotos da base. O técnico também indicou que promoverá a estreia do atacante Rogério, apresentado oficialmente na sexta-feira. “Trabalhei forte a semana toda. Se precisarem de mim, estou pronto para jogar. Treinei para que as coisas possam funcionar nos jogos. Já vinha atuando no Vitória, me sinto com bom ritmo e estou pronto para estrear”, afirmou o jogador, que anotou cincoGOLS pelo time baiano na Série B do Brasileiro.

(Foto: Ricardo Duarte/Internacional)
Argel Fucks não quer ver os jogadores do Inter acomodados na partida (Foto: Ricardo Duarte/Internacional)

Pelo lado do Inter, a goleada por 6 a 0 sobre o Vasco trouxe alívio para os jogadores que vinham sofrendo com as críticas da torcida. Para o técnico Argel Fucks, a postura contra o São Paulo deve ser a mesma da confortável vitória sobre o Cruz-Maltino. “Em momento algum você tem que tirar o pé, tem que pisar mais forte ainda. Estamos cansados de ver equipes fazendo 2 a 0 e tomando a virada”, disse. “Tudo passa pela atitude. Fizemos uma partida muito segura no primeiro tempo e não nos acomodamos. Voltamos ainda mais incisivos”.

Apesar de ocupar a 11ª colocação, com 31 pontos, o time gaúcho sonha com uma arrancada que o leve até o G4 da competição. Como cinco pontos separam o Inter do Atlético-PR, atual quarto colocado do Brasileiro, os colorados têm classificado o compromisso contra o São Paulo como um “jogo de seis pontos” .

A principal novidade no time de Argel é a volta de D’Alessandro, que cumpriu suspensão diante do Vasco. Alex, com dores lombares, deixa a equipe. No ataque, Vitinho cumprirá suspensão, abrindo vaga para o argentino Lisandro López, que fez dois gols contra o Vasco. Já o goleiro Muriel seguirá na vaga de Alisson, que está na Seleção Brasileira.

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO X INTERNACIONAL

Local: estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 05 de setembro de 2015, sábado
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio-GO (FIFA)
Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva-GO (FIFA) e Bruno Raphael Pires-GO

SÃO PAULO: Renan Ribeiro; Bruno, Lyanco, Edson Silva e Reinaldo; Hudson, João Schmidt, Michel Bastos, Ganso e Wilder; Rogério
Técnico: Juan Carlos Osorio

INTERNACIONAL: Muriel; William, Paulão, Ernando e Geferson; Rodrigo Dourado, Nilton, D’Alessandro e Eduardo Sasha; Valdívia e Lisandro López
Técnico: Argel Fucks

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Um comentário em “Sem Rogério Ceni, São Paulo enfrenta Inter para lutar pelo G4

  1. O negocio é o seguinte é usar o brasileirao pra testa algumas duvida que o Osorio tem e com tudo na copa do brasil por que pra mim o Sao Paulo tem a obrigaçao de passar contra o vasco e dps é só quatro jogos pra ganhar o unico titulo que falta pro maior clube brasileiro , e só pra lembra o meu time nao precisa da cbf e globo pra ganhar titulo e TIME GRANDE NAO CAI

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*