Sem Kardec, Pato ganha chance para retomar vaga e quebrar pior sequência

Alexandre Pato tem neste domingo a oportunidade de acabar com uma marca negativa no São Paulo. Depois de uma queda brusca de rendimento e uma lesão muscular, o jogador volta a ser titular, no clássico contra o Santos, às 17h (de Brasília), em Cuiabá, pelo Brasileirão, para tentar recuperar uma vaga na equipe.

O atacante não fez gols nas últimas sete partidas em que esteve em campo. É a pior sequência que viveu em 2014. Anteriormente, ficou durante seis jogos sem balançar as redes. Primeiro, entre janeiro e março, quando ainda defendia o Corinthians. Depois, já com a camisa do São Paulo, de maio a julho.

Pato não marca desde 27 de setembro, data da derrota por 3 a 1 para o Fluminense, no Morumbi, pelo Campeonato Brasileiro. Após isso, iniciou um período ruim, passando em branco e sendo substituído nos cinco jogos seguintes. Para piorar, lesionou a coxa esquerda contra o Huachipato e precisou de mais de um mês de recuperação.

Na volta, há duas semanas, ele encontrou o ataque em alta. Luis Fabiano voltou com tudo, fazendo gols e recuperando a vaga. Alan Kardec, outro que viveu um jejum de 11 rodadas, espantou o mau momento e passou a ser decisivo outra vez. Com isso, o atacante foi reserva contra Palmeiras e Atlético Nacional, entrando apenas no segundo tempo.

– O Pato ficou um bom tempo fora e agora está voltando. Ele estava sem ritmo. Voltar agora vai ser bom, ajuda – afirmou o técnico Muricy Ramalho, preocupado com o desgaste físico do elenco no fim da temporada.

Uma boa atuação neste domingo pode colocar o atacante como titular na Copa Sul-Americana. Kardec torceu o tornozelo direito em Medelim e corre contra o tempo para atuar na próxima quarta-feira, no Morumbi. A dúvida é grande. Caso ele seja vetado, Alexandre Pato provavelmente será o escolhido para atuar ao lado do Fabuloso.

Apesar do período de seca, o jogador continua sendo o vice-artilheiro do São Paulo na temporada, com 12 gols, mas é seguido de perto pelo goleiro Rogério Ceni, com dez. Luis Fabiano tem 20 e lidera com folga.

 

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*