São Paulo sonda Bahia para comprar 30% dos direitos restantes de Jean

O São Paulo fez uma sondagem para comprar os 30% dos direitos econômicos do goleiro Jean que seguem com o Bahia e garantir um lucro maior em caso de venda futura. A princípio, o time paulista chegou a encaminhar uma lista de jogadores para entrar na negociação com os baianos, mas as conversas não avançaram até aqui. Entre outros, foi discutida a possibilidade de inclusão do atacante Tréllez.

A composição entre as partes foi colocada na mesa pela primeira vez em reunião entre o diretor de futebol são-paulino Raí e o presidente do Bahia, Guilherme Bellintani, no fim do ano passado.

Desde então, os dois lados selaram acordo para o repasse por empréstimo das promessas Shaylon e Caíque para o Fazendão, em Salvador, assegurando, assim, maior tempo de jogo para os garotos.

Pessoas ligadas à diretoria do Bahia e do São Paulo confirmaram ao UOL Esporte as conversas sobre Jean.

Havia a expectativa de que o goleiro iniciasse 2019 como titular no Morumbi, mas, com a contratação de Tiago Volpi, vindo do Querétaro, do México, ele terá de brigar mais uma vez pela camisa 1 e largar inicialmente atrás devido à experiência reduzida para a Libertadores.

O atleta de 23 anos encerrou a última temporada em alta no clube, tendo, inclusive, a sua postura elogiada no vestiário durante a fase mais complicada no Brasileiro. Ele havia conseguido, enfim, se desvencilhar da disputa direta com Sidão, com quem trocou farpas públicas após desentendimento em redes sociais.

O interesse do São Paulo em adquirir a totalidade de seus direitos econômicos tem relação direta com o mercado, já que Jean é seguido também por representantes europeus. A Inter de Milão foi a primeira a abordá-lo, posteriormente veio a dupla Benfica e Porto e, por fim, surgiu o Manchester City, que cogitou levá-lo em definitivo para depois repassa-lo ao Girona, seu clube-satélite na Espanha.

O pavio curto e o temperamento forte ainda são tidos como empecilhos para que ele amadureça e se firme de vez na Barra Funda.

O São Paulo fechou a compra de Jean ao Bahia em R$ 6 milhões divididos em parcelas, cuja última será quitada neste ano. Caso ele venha a participar de 60% das partidas da equipe como titular no período que compreende janeiro de 2018 e junho de 2019, ainda será necessário desembolsar outros R$ 4 milhões.

Além do percentual de 30% dos direitos, o Bahia tem direito a 10% do lucro obtido pelo São Paulo em uma transferência futura..

Ao todo, Jean fez apenas 18 jogos começando em sua primeira temporada no tricolor paulista. Ele tem contrato até o fim de 2022.

Fonte: uol

3 comentários em “São Paulo sonda Bahia para comprar 30% dos direitos restantes de Jean

  1. Planejamento padrão Administração de ONG!!!

    A princípio o Jean será reserva, logo porque querem 100% do passe dele??? Negócios obscuros??? Criaturas do pântano atacando?

    Agora se houver uma proposta de fora na mesa estão certos, fora isso é negociata!!!

  2. Putz: depois de tanta notícia boa, vem essa!
    Tem que comprar nada! É ficar do jeito que está, pois já gastaram o que não podiam nesse jogador. Talvez sirva pra ficar no banco, apesar de termos jovens goleiros de igual nível ou até melhor.
    Esse negócio de empresário dizendo que tem europeu de “olho” nele, deve ser notícia falsa disseminada por quem tem algum interesse no assunto. Não acredito que possa ter algum dirigente pior que o que comprou esse goleiro pro S.Paulo…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*