São Paulo prepara representação na CBF contra árbitro do Majestoso

Inconformado com a arbitragem do carioca Wagner do Nascimento Magalhães no Majestoso do último domingo, o São Paulo deverá entrar em breve com uma representação formal na Confederação Brasileira de Futebol (CBF) contra a atuação do juiz no empate por 1 a 1, no Morumbi, pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro.

São três lances capitais que baseiam o dossiê tricolor: um pênalti não marcado no primeiro tempo, que seria fruto de um toque na bola com a mão de Pablo, após chute de Balbuena, o gol de Éder Militão, invalidado devido a uma suposta ação faltosa de Lucas Pratto em Cássio, e falta de Rodriguinho em Júnior Tavares no lance que culminou no gol de empate do time alvinegro.

Com vídeos dos lances polêmicos, o documento será entregue ao coronel Marcos Marinho, presidente da Comissão Nacional de Arbitragem. A indignação no clube do Morumbi aumenta porque teria saído da zona de rebaixamento se tivesse confirmado a vitória diante do arquirrival. Com o empate, o São Paulo ficou no 17º lugar, com 28 pontos.

Nas entrevistas concedidas após o clássico, os jogadores do São Paulo também reclamaram de um possível recuo do zagueiro Pablo, em que Cássio pegou a bola com as mãos. Já o meia Hernanes não concordou com as marcações no gol invalidado de Militão e na disputa de bola entre Rodriguinho e Júnior Tavares na lateral esquerda. Para o Profeta, o Corinthians está sendo beneficiado pela arbitragem na competição.

“Acredito que no gol do Éder, que o Cássio trombou com o Pratto, acho que foi mais falta do Cássio do que do Pratto. Ele estava parado, o Cássio se chocou contra ele, não foi falta na minha visão. Depois, tem uma mãozinha, mais uma mãozinha, do Rodriguinho, que dá um toque no Júnior e desloca. O juiz não deu”, reclamou, antes de prosseguir.

“Tem uma confusão no jogo passado, se bem que a bola já estava entrando, e o Jô foi e empurrou para dentro com a mão e não foi visto. Mais uma vez, aqui, o Rodriguinho deu uma puxadinha com a mão. Então, assim, essas mãozinhas estão favorecendo muito o Corinthians”, concluiu o camisa 15.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Um comentário em “São Paulo prepara representação na CBF contra árbitro do Majestoso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.