São Paulo pode acionar River Plate na Justiça por não pagamento de Pratto

O São Paulo pode acionar o River Plate na Justiça por uma dívida pela venda de Lucas Pratto. Os argentinos atrasaram em dez dias o pagamento de uma das parcelas de 1 milhão de euros (R$ 4,3 milhões). Os clubes conversam para chegar a um acordo sem entrar em uma briga judicial.

Além desse pagamento, o São Paulo ainda tem mais outra parcela de 1 milhão de euros a receber pela negociação de Pratto.

A venda de Pratto foi acertada em janeiro do ano passado por 11,5 milhões de euros (R$ 44,4 milhões na cotação da época), dos quais o São Paulo receberá no total 8,5 milhões de euros (R$ 32,9 milhões). Em fevereiro de 2017, o Tricolor comprou Pratto do Atlético-MG por 6,2 milhões de euros (R$ 23,9 milhões).

Além dos 11,5 milhões de euros, mais 3,5 milhões de euros (R$ 13,5 milhões) foram condicionados a metas (títulos que Pratto conquiste com o River). Com a conquista da Libertadores de 2018, por exemplo, o Tricolor lucrou mais 1 milhão de euros.

 

Fonte: Globo Esporte

6 comentários em “São Paulo pode acionar River Plate na Justiça por não pagamento de Pratto

  1. Na época, falei aqui mesmo neste espaço que time argentino nenhum teria condições de pagar por uma contratação como Pratto.
    Se eu sabia disso só acompanhando diariamente periódicos do país portenho, não me conformo como ninguém no São Paulo não teria condições de ter informações melhores do que a minha.
    O calote do River só não ocorreu antes porque a equipe Argentina ganhou prêmios pelos campeonatos que conquistou no ano passado, mas agora com a má fase este ano, o calote tem tudo para vir a todo vapor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.