São Paulo paga parte da multa de Rogério Ceni e quer parcelar restante

A diretoria do São Paulo e Rogério Ceni iniciaram uma negociação para o pagamento da multa prevista no contrato que o técnico tinha com o clube. O Mito recebeu R$ 400 mil quando assinou a rescisão, o que significa que tem a receber ainda a quantia de R$ 4,6 milhões, totalizando R$ 5 milhões. A tendência é de que o clube faça o pagamento de maneira parcelada.

Rogério Ceni foi demitido em 3 de julho, um dia após da derrota para o Flamengo por 2 a 0, no Ninho do Urubu, pelo Campeonato Brasileiro. Na ocasião, o time completava a sexta partida consecutiva sem vitória e, pela primeira vez no torneio, entrava na zona de rebaixamento. O treinador saiu com aproveitamento de 49,5% dos pontos: 14 vitórias, 13 empates e dez derrotas em 37 partidas disputadas.

Rogério Ceni tem multa milionária para receber do São Paulo (Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net)

Rogério Ceni tem multa milionária para receber do São Paulo (Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net)

A multa de R$ 5 milhões foi um exigência do treinador por causa das eleições presidenciais que ocorreram no mês de abril. Ele iniciou seu trabalho em janeiro, na pré-temporada realizada nos Estados Unidos, e não queria que uma vitória da oposição pudesse colocar em risco o planejamento.

Os maus resultados, porém, levaram Ceni a ser demitido por Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, candidato que tinha o apoio do treinador na eleição.

Rogério Ceni ao GloboEsporte.com confirmou que foi procurado pela diretoria do São Paulo para discutir o assunto, mas ainda aguarda o recebimento de um documento oficial com uma proposta para a quitação do débito.

Fonte: Globo Esporte

11 comentários em “São Paulo paga parte da multa de Rogério Ceni e quer parcelar restante

  1. Ser ídolo ganhando 700 paus por mês, engolindo frango, ajoelhando invés de pular na bola e agora explorando o meu tricolor não é fácil engolir. Vou deixar de frequentar este site enquanto tiver a foto deste larapio aí.

  2. Assino embaixo no comentário do Paulo RP.
    Pra mim é difícil falar mal do Rogério pelo o que ele fez pelo clube.
    Mas no fundo, sempre odiei a postura arrogante, dono da verdade, nariz empinado.
    Tudo isso veio comprovar, 5 milhões de multa?!?!
    Só pode ser brincadeira ele exigir isso em contrato.

  3. Diretoria incompetente trouxe um amador para tecnico do maior clube do pais e ainda por cima lhe deram essa $$$$ seus canalhas incompetentes, difícil ser piores que vcs hein Leco e cia seus lixos!!!!

  4. Parabéns Paulo RP concordo com cada palavra.
    Inclusive não permitiu que se abrisse espaço para um substituto à altura, tamanha a sanha por estar em campo.

  5. Perfeito seu comentario Paulo RP, eu tb sempre tive esta impressao sobre o Rogerio, e para mim ficou nitido em uma entrevista que vi dele na final da Libertadores contra o Internacional em 2006, onde ele estava em final de contrato, e disse ” que gostaria de encerrar sua carreira no Sao Paulo se possivel mas estudaria propostas, ou seja pedindo mais $$$$”. Ok eh seu direito, mas apaixonado pelo tricolor ele nao eh, ali eu vi que realmente ele eh muito mais profissional do que Sao Paulino repito eh direito seu, mas me passa uma certa hipocrisia. Tudo que veio a seguir, e o que o segurou no Sao Paulo foi muito mais o glamour e ego do que propriamente paixao pelo clube

  6. Qualquer advogado amador (e o Leco é adv) teria pensado numa multa escalonada de acordo com o desempenho e com a colocação do time na tabela. Uma multa dessa só seria razoável no caso de ser demitido deixando o time na zona da libertadores por ex.

    Agora, sai com o spfc na zona do rebaixamento e recebe a multa integral??

  7. O Rogério Ceni, a meu ver, sempre fez um personagem: o Rogério “apaixonado” pelo S.Paulo. Faz anos que comento aqui que o que ele sempre amou foi o que o clube lhe proporcionava: fama e muito dinheiro. A fama e a idolatria com a massa de torcedores, a maioria “maria vai com as outras”, o fez ficar “cozinhando o galo” no gol tricolor e entregando partidas e mais partidas, mas jurando amor eterno e, mesmo sabendo de que não era mais um bom goleiro, fingindo uma dúvida que nunca me enganou, jogando a torcida a fazer pressão pelas últimas duas renovações, se “sacrificou por causa de dores”, mas levando 700tinhos por mês para continuar “ajudando seu amado time”.
    A história se repetiu como “treinador” e a multa é a prova de seu “amor” pelo clube.
    Nada contra ele gostar de ganhar dinheiro e, se achou “terra fertil” a ser explorada, o fez muito bem. Agora deve ser pago: ele fez por merecer!
    Quem não merece continuar à frente do clube é o imbecil que aceitou pagar a multa e depois o dispensou, mesmo sabendo que após mais uma ou duas rodadas do jeito que o time vinha, ele não mais teria direito a ela. Aliás, acho até que a dispensa pode ter sido de caso pensado para achacar um pouco mais os fundos do clube.
    Já vi muitos exemplos de craques que amaram seus clubes e que chegaram até a jogar de graça neles, após uma vida de prosperidade na profissão. Definitivamente não é o caso de Rogério Ceni!!!

  8. Como contrato vale o que está escrito e pronto, fez merda agora deve pagar. Só um sujeito realmente apaixonado pela instituição reconheceria que nada fez para merecer esta multa, mas como todos dizem, os apaixonados agem pela emoção e não com a razão, mas o Rogério sempre foi razão e nunca emoção e não deve abrir mão de recebê-la.

  9. Concordo que esta no contrato e tem que ser cumprido, mas para quem foi um Mito e fez juras de amor pelo clube, teria que ao menos ter um bom senso de que isto eh muito dinheiro, principalmente na condicao em que o clube se encontra, alem do mais o resultado do trabalho que foi entregue foi pifio. Deveria ter vergonha de cobrar alguma coisa, ainda mais do clube que diz “amar”. Vide Muricy, apesar de nao gostar do tipo de futebol que seus times jogam, este cara tira do bolso para ajudar o Sao Paulo se precisar. o Muricy sim AMA o Sao Paulo de verdade. O Rogerio ama tb, mas acho que ama mais o $$$$.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*