São Paulo foi mais prejudicado pelo calendário do Paulista, avalia Tite

O São Paulo terá o clássico com o Corinthians e a decisão da vaga na Libertadores diante do Atlético-MG em um intervalo de três dias. Para Tite, o clube do Morumbi foi prejudicado pelo calendário afetado, que dessa vez não vai afetar a equipe que ele dirige.

“Na minha vida eu procuro olhar sempre os dois ângulos. É pior para o São Paulo. Ele jogou na quinta, vai jogar domingo e depois na quarta de novo, assim como para nós foi mais difícil em um outro momento. Dá para ajustar o calendário para ser melhor”, disse Tite, repetindo um discurso que vem fazendo desde o início do ano.

A sequência que vai afetar o São Paulo por pouco não foi a mesma para o Corinthians. Inicialmente, a Globo tinha pedido à Conmebol para que o duelo dos alvinegros com o Boca acontecesse nos dias 1º e 8 de maio. Só que, para os argentinos, não era interessante jogar logo após o clássico contra o River Plate, que acontecesse nesse fim de semana.

Esse dilema e um problema na confecção do calendário do duelo entre Tijuana e Palmeiras fizeram a Conmebol abrir uma nova data para as oitavas, livrando o Corinthians da sequência. Em outros momentos, porém, foi o clube do Parque São Jorge o prejudicado pelo calendário.

Na primeira fase da Libertadores, por exemplo, o Corinthians teve viagens para partida foras de casa sempre depois de clássicos pelo Paulista. O mais duro desses confrontos foi justamente contra o São Paulo, quando os atuais campeões mundiais venceram por 2 a 1 no Morumbi, com gol de pênalti de Alexandre Pato. Nesta sexta, Tite relembrou o confronto.

“É a importância do clássico. Nós ganhamos o último, quando o empate era mais justo. Naquela vez, o desempenho do São Paulo foi melhor, quando tinha o Luís Fabiano”, relembrou Tite.

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*