São Paulo estabelece três semanas como prazo para “iniciar” planos de 2018

No último fim de semana, uma vitória sobre o Corinthians teria levado o São Paulo à 14ª colocação do Campeonato Brasileiro. Com o empate por 1 a 1, no entanto, o Tricolor permaneceu na zona de rebaixamento e ainda se vê desconfortável para pensar em qualquer plano para 2018. Uma realidade que o clube espera conseguir mudar em até três semanas.

Esse tem sido o prazo passado pela diretoria são-paulina, por exemplo, para que empresários voltem a conversar sobre negócios para a próxima temporada. Agentes que buscam a renovação de seus clientes, a volta de atletas emprestados ou até mesmo ofertas de contratações foram ouvidos pela reportagem do UOL Esporte e dizem ter recebido esse pedido de paciência dos tricolores.

Mas o que faz o São Paulo pensar nessas três semanas como um divisor de águas na temporada? No período, serão quatro partidas do Brasileirão, sendo três contra equipes que brigam diretamente contra o rebaixamento. O primeiro desses jogos é neste domingo, às 16h, contra o Sport no Morumbi. Os pernambucanos têm 30 pontos, contra 28 dos paulistas. Uma vitória do time de Dorival Júnior tira o Tricolor da zona da degola e pode mandar o Leão para lá.

Depois, na 27ª rodada, os são-paulinos visitam o Atlético-MG no Independência, às 21h45 do dia 11. O Galo hoje tem somente três pontos à frente dos tricolores e na rodada anterior encaram compromisso duro fora de casa contra o Atlético-PR, em Curitiba. O São Paulo também encara o Furacão, mas no Pacaembu [o Morumbi estará fechado para shows], pela 28ª rodada, às 21h do dia 14. Por fim, o duelo que encerra o período de três semanas é contra o Fluminense, outro que tem só três pontos a mais que a equipe de Dorival. O embate será às 21h45 do dia 18, no Maracanã.

Na última das três semanas, será preciso encarar uma maratona de três jogos em sete dias, mas o início do período também proporcionará dez dias livres para ajustes em treinamentos. Entre a 26ª e 27ª rodada, o Brasileirão será paralisado para a disputa das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018. Dorival deve ficar sem o zagueiro Arboleda e o meia Cueva para treinar, já que ambos têm sido chamados pelas seleções de Equador e Peru, mas o resultado da última pausa para datas Fifa ainda é elogiado.

Depois de perder para o Palmeiras, o Tricolor atuou três vezes, não perdeu e acredita que mostrou evolução contra Ponte Preta, Vitória e Corinthians. A expectativa é que mais um tempo largo para trabalhar a equipe ajude a corrigir mais problemas e dar mais confiança aos jogadores. E com confrontos diretos no caminho, deixar os riscos de rebaixamento para trás torna-se um objetivo mais próximo.

Jogadores em fim de contrato:

Lugano: pouco joga e dificilmente deve renovar
Gilberto: empresário já descartou permanência
Denilson: não deve renovar o empréstimo do Granada-ESP
Marcinho: teve bom início e pode ter empréstimo do São Bernardo estendido
Morato: trata grave lesão no joelho e pode renovar empréstimo do Ituano
Jucilei: diretoria já descarta renovação do empréstimo do Shandong Luneng-CHN
Denis: consideram que o tempo no clube terminou
Edimar: não deve renovar empréstimo do Cruzeiro
Wellington Nem: trata lesão e não deve renovar empréstimo do Shakhtar Donetsk-UCR

Jogadores que retornam de empréstimo:

Artur: Columbus Crew
Hudson: Cruzeiro
Matheus Reis: Bahia
Maidana: Paraná Clube
Wellington: Vasco da Gama
Breno: Vasco da Gama
Auro: América-MG

 

Fonte: Uol

4 comentários em “São Paulo estabelece três semanas como prazo para “iniciar” planos de 2018

  1. Falam em planejamento e os torcedores já ficam pensando em contratações de jogadores renomados.
    Não vejo assim! Acho que planejamento é uma programação periódica que deve levar a uma melhora no time (no caso), independentemente dos jogadores que vão vestir as camisas.
    É assim, por exemplo, que o Flamengo gastou os tubos contratando todos os jogadores renomados que foi possível; inflou, sobremaneira, sua folha de pagamento, e, nem por isso, está muito melhor que o tricolor. Lembro-me que a cada contratação flamenguista, muitos vinham lastimar o fato de “termos perdido” a aquela contratação para o rubro-negro. E, no entanto, tá lá o Fla, desclassificado nas mais importantes disputas que participou. Idem o Palmeiras.
    Assim, lastimo que esperem a posição do time na tabela para já ir pensando a temporada 2018. É lógico que todos sabem as carências do elenco. O que precisa é o treinador se inteirar do que temos já no elenco; trazer todos para um longo período de treinamento e, depois, sim, procurar no mercado os jogadores certos para as posições que se considerar não resolvidas. Um planejamento de contratações é fácil fazer: basta ter a grana suficiente para sair contratando o melhor em cada posição. O que precisamos é de um treinador capaz de trabalhar e fazer trabalhar aqueles que estão no elenco e os que devem voltar de emprestimos…

  2. Estamos esperando se vamos cair ou não.
    2018 precisamos de 5 reforços para ser titular (inclui um goleiro que não seja o Muralha) e mais alguns para compor elenco. Caso contrário lutaremos contra o rebaixamento novamente

  3. Infelizmente não vejo como não cair este ano.
    Mal planejamento, brigas e mais brigas nos bastidores, venda e compra de jogadores no meio do campeonato, arbitragem prejudicando o SP deliberadamente deste 2010 e finalmente uma boa dose de azar.
    Esta é a receita…..

  4. Como sempre a diretoria enrolando e enganando a torcida. Neste quesito eles são bons.

    Qto aos emprestados, nada que preste, sei que vão falar, o Hudson está bem no Cruzeiro. Ótima oportunidade para vender um jogador caneludo, no São Paulo não acertava um passe de três metros.

    Em relação aos que terão o contrato encerrado, insistiria com Jucilei, ele nunca jogou em sua posição originária. No time da marginal ele sempre foi volante de marcação adiantada, que tinha oportunidade de chegar ao ataque… aqui só jogou como primeiro volante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.