São Paulo enfrenta rival direto, mas tem que melhorar fora

Após o empate em 2 a 2 com a Ponte Preta, no sábado passado, o São Paulo bateu um recorde do clube no Campeonato Brasileiro por pontos corridos, desde 2003: ficar 11 rodadas na zona de rebaixamento. Mas, para sair do Z-4, o cenário da 24ª rodada parece favorável.

Três adversários na incômoda disputa jogarão fora de casa contra times que estão bem na competição, dentro do G-6, que classifica para a Libertadores: o Bahia (15º colocado, com 27 pontos) irá a Belo Horizonte enfrentar o Cruzeiro; o Coritiba (16º, também com 27 pontos) terá o Palmeiras pela frente na capital paulista; a Chapecoense (18º, com 25 pontos) medirá forças contra o Grêmio, em Porto Alegre.

O São Paulo também jogará como visitante, mas contra o Vitória, que também luta contra a queda. O jogo será disputado no domingo, no Barradão, em Salvador, às 16h (de Brasília).

Dorival Junior quebra a cabeça para tirar o São Paulo do Z-4 (Foto: Marcelo Hazan)

Dorival Junior quebra a cabeça para tirar o São Paulo do Z-4 (Foto: Marcelo Hazan)

A matemática para o Tricolor deixar o Z-4 é a seguinte:

  1. Ganhar do Vitória
  2. Torcer por dois entre três dos seguintes resultados:
  • Derrota ou empate da Chapecoense (contra o Grêmio)
  • Derrota do Bahia (contra o Cruzeiro), tirando saldo de quatro gols
  • Derrota do Coritiba (contra o Palmeiras)

Para que a primeira parte desse cálculo aconteça, o São Paulo terá que melhorar seu desempenho como visitante. A equipe é a pior entre os 20 participantes do Brasileirão, com apenas cinco pontos conquistados em 12 partidas disputadas longe do Morumbi.

Fora, o Tricolor venceu apenas uma vez (4 a 3 sobre Botafogo, no estádio Nilton Santos), empatou duas vezes (Avaí por 1 a 1 e Sport por 0 a 0) e sofreu nove derrotas. Marcou 12 gols e sofreu 23. O aproveitamento é muito ruim: apenas 13,89%.

Vale lembrar que para a partida de domingo o técnico Dorival Júnior não poderá contar com duas peças que vinham jogando como titulares: o lateral-esquerdo Edimar e o volante Jucilei. O primeiro levou o terceiro cartão amarelo contra a Ponte Preta, enquanto o segundo foi expulso. A tendência é que Júnior Tavares e Gómez sejam os substitutos.

Fonte: Globo Esporte

2 comentários em “São Paulo enfrenta rival direto, mas tem que melhorar fora

  1. Apesar de não acreditar em nada que esse técnico meia boca faça, vou torcer como nunca para que o time encontre o caminho da vitória.

    Mas já adianto de antemão, que com esse meia boca a frente do time, perdido do jeito que está, burro e incompetente ao limite, somente podemos contar com o talento individual de alguns poucos jogadores que podem desequilibrar a nosso favor.

    Força Tricolor !!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.