São Paulo empresta Thomaz ao Bolivar e deve liberar Pedro ao Criciúma

O São Paulo movimenta mais uma vez o mercado da bola. O Tricolor acertou o empréstimo de Thomaz para o Bolivar até o fim desta temporada. O meia, de 32 anos, tem vínculo com o clube do Morumbi até 2020, mas não fazia parte dos planos do treinador André Jardine. Os salários do atleta serão divididos entre os brasileiros e os bolivianos.

Em 2018, o meia havia defendido o Red Bull no Campeonato Paulista, e o Paysandu, na Série B do Brasileirão. A negociação gerou polêmica na Bolívia, pois o jogador se destacou em sua passagem pelo Jorge Wilstermann, arquirrival do Bolivar, entre 2014 e 2017. Quando atuava pelo Wilstermann, ele marcou 24 gols e chegou até a se naturalizar boliviano.

Após participação na Libertadores de 2017, ele chamou a atenção do então técnico do São Paulo, Rogério Ceni, que indicou a contratação. No Tricolor paulista, ele disputou 19 partidas e marcou dois gols.

Outro jogador que está muito perto de acertar a sua transferência é atacante Pedro Bortoluzo. O jovem, de 22 anos, negocia com o Criciúma. A expectativa é de que o empréstimo, até o fim deste ano, seja concretizado em breve.

Vinculado ao São Paulo até até março de 2020, ele também não tinha espaço no elenco atual do Tricolor e foi indicado pelo ex-coordenador de futebol do clube e hoje consultor do Criciúma, Ricardo Rocha.

 

Fonte: Uol

3 comentários em “São Paulo empresta Thomaz ao Bolivar e deve liberar Pedro ao Criciúma

  1. Muitos dos jogadores que estão nessa condição foram contratados às pressas pra recompor elenco. Thomas e Maicossuel são exemplos recentes… contratando no início do ano, o mercado oferece muito mais opções e erros como esses podem ser evitados…

  2. Se um dia divulgassem o montante total de salários que o São Paulo paga para esse monte de pé de rato jogar em outros times, nós torcedores tomaríamos um susto enorme, fora os salários dos come e dorme que só serve para fazer número nos rachões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.