River atropela The Strongest e assume liderança do grupo do São Paulo

O River Plate (ARG) não tomou do The Strongest (BOL) nesta quarta-feira. Jogando diante de sua torcida no Monumental de Nuñez, os argentinos aplicaram uma goleada de 6 a 0 e assumiram a ponta do equilibrado Grupo 1 da Copa Libertadores, que conta com o São Paulo como representante brasileiro.

A vitória fez com que os Millonarios chegassem aos oito pontos, ultrapassando o The Strongest, que permaneceu com sete, e o São Paulo, que chegou a cinco na tabela após o triunfo da última terça-feira sobre o Trujillanos. Os venezuelanos estão na lanterna, com apenas um ponto, e não tem mais chances de classificação para as oitavas.

Na próxima rodada, o The Strongest visita o Trujillanos, no José Alberto Pérez. Já o River Plate vai ao Morumbi enfrentar o São Paulo, em jogo decisivo principalmente para o Tricolor Paulista, que pode até ser eliminado antecipadamente com uma combinação de resultados.

O jogo – O River decidiu o duelo já no primeiro tempo de partida. Aos 12 minutos, D’Alessandro aplicou uma linda caneta no adversário e tocou para Mercado. O lateral devolveu de letra para o meia, que finalizou de primeira e marcou um golaço para os mandantes.

Os Millonarios não deram tempo para o jogo esfriar e já marcaram o segundo. Aos 25, Mercado cruzou da direita e encontrou Fernández livre na área. O volante completou de cabeça e ampliou o placar.

Logo na sequência, aos 29, o River fez o terceiro. Mayada aproveitou cruzamento da esquerda e bateu de primeira para fazer mais um.

Em primeira etapa avassaladora, os argentinos ainda fizeram mais dois gols. Aos 41, D’Alessandro cruzou na cabeça de Mammana, que só escorou para fazer o quarto. Já aos 45, foi a vez de Alario aproveitar assistência de Mora e fazer o quinto.

Após abrir uma larga vantagem, o River apenas administrou o placar na segunda etapa e ainda chegou ao sexto gol. Aos 37, Fernández aproveitou bobeira da zaga, roubou a bola na entrada da área e bateu cruzado para definir a goleada.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

9 comentários em “River atropela The Strongest e assume liderança do grupo do São Paulo

  1. Não vou emitir opinião nenhuma antes dos jogos que definirão a classificação.

    Veremos a capacidade do SPFC de Bauza, ganhador de 2 Libertadores, para passar da Primeira Fase!

  2. Tem que vencer as duas. Simples assim. A que ponto chegamos, ficar fazendo conta em cima de resultado contra o the strongest. Vai lá e ganha. O São Paulo é muito maior e tem que ter isso em mente sempre. Vamos São Paulo.

  3. nao murilo , o soberano só precisa vencer as duas partidas por qualquer placa ate 1×0 que está classificado .ok
    o jogo das bolivianas e na terça feira ou seja o soberano já entra na quarta feira sabendo o que tem que fazer .

    o grande problema do soberano e o bauza fecha o buraco no meio campo feito isso vamos muito forte para próxima fase da liberta 2016

    abraços para você

    Senador Randolfe Rodrigues honesto e inteligente começa a apóia a nossa causa

    Movimento Vem pra Urna (MVU ) esse é o verdadeiro movimento do povo brasileiro.
    Eleições gerais já

  4. Se o São Paulo ganhar as duas não precisa fazer saldo nenhum. Classifica nos pontos, mesmo que o The Strongest faça 100000 x 0 no Trujillanos.

    Se o The Strongest não vencer o Trujillanos, o São Paulo só precisa vencer em La Paz, por qualquer placar, mesmo que perca pro River (a não ser que o São Paulo tome uns 9 gols do River).

  5. Bom, agora ferrou. O São Paulo precisará vencer as duas partidas e ainda fazer saldo.
    Meu palpite é que ganha do River, mas se complica na altitude e sofre a eliminação.
    Precisamos torcer para o Trujillanos pelo menos empatar.
    Enfim, acho que o gigante acordou tarde. Se é que acordou.
    Seremos eliminados pelos erros que cometemos: a pane da defesa na jogada ensaiada do The Strongest no Pacaembu, o frango de Denis em Nunez, o pênalti desperdiçado na Venezuela.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*