Ricardo Rocha fala sobre Everton Felipe e planejamento

Ricardo Rocha crê que Everton Felipe pode ser mais do que um jogador para reforçar o ataque do São Paulo lados de campo. Ciente da capacidade da nova contratação do Tricolor, o coordenador de futebol também garante que o jovem de 21 anos pode substituir Nenê em caso de uma possível ausência do camisa 10, uma das principais estrelas do time e que por enquanto não possui um substituto à altura.

“Esse jogador tem duas características: ele pode jogar aberto ou no meio. Você só tem o Nenê no meio, tudo no São Paulo é pensado, há reuniões semanais, até sobre planejamento do ano que vem. Pensamos no São Paulo grande, não podemos pensar em outra coisa”, afirmou Ricardo Rocha.

O coordenador de futebol do Tricolor também enfatizou a insistência de Everton Felipe para jogar no São Paulo mesmo após o Sport receber propostas superiores para vendê-lo. Aproveitando a grande fase vivida nesta temporada, em que é o atual líder do Campeonato Brasileiro, o clube do Morumbi venceu a forte concorrência muito por conta de Raí, diretor de futebol são-paulino.

“Everton é um baita jogador. É novo, precisa aprender muito, mas é um bom jogador. O jogador tem que vir para o São Paulo com vontade de jogar no clube, com entusiasmo. Esse garoto brigou para vir para o São Paulo, então isso é um orgulho que a gente tem. O Raí é fundamental em muitas coisas nesse clube, inclusive na vinda de alguns jogadores. Quando o Raí aparece, as coisas mudam”, prosseguiu.

Por fim, Ricardo Rocha revelou que sua experiência como comentarista esportivo o ajudou a rastrear bons jogadores para o São Paulo. Trilhando uma carreira inicialmente bem-sucedida como dirigente de clube, o coordenador de futebol tricolor aposta alto em Everton Felipe.

“Fiquei três anos e meio como comentarista, acompanhei tudo o que você pode imaginar no futebol brasileiro. Eu conheço bem o jogador, falei que era um belo jogador. Sabíamos que ele vinha de uma lesão, já está recuperado, 100%, e acho que ele cai como uma luva no que a gente pensa. É um jogador jovem”, concluiu.

Um comentário em “Ricardo Rocha fala sobre Everton Felipe e planejamento

  1. UM REFORÇO +/- POR HORA,MAS FICAR BADALANDO SHAYLON/LUCAS FERNANDES,MEUS PÊSAMES,VÃO SER RUIM NO INFERNO,TÁ NA CARA,NÃO PRODUZEM NADA E RECEBEM EM DIA,TEM QUE MAMAR EM OUTRA TETA,CUSTO BENEFICIO ZERO !!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*