Reinaldo fala da boa fase e da confiança do grupo

Reinaldo marcou dois gols no clássico contra o Corinthians. Já neste domingo, foi o responsável por começar a jogada que resultou no primeiro gol do São Paulo contra o Cruzeiro, no Mineirão, fazendo um lindo lançamento para Rojas. A boa fase do lateral-esquerdo, que já chegou a ser muito criticado em sua primeira passagem pelo Morumbi, no entanto, não ilude o próprio jogador, que prefere adotar um discurso coletivo ao falar sobre seu desempenho.

“A confiança não é só minha, é do grupo inteiro, porque a equipe sabe o que quer dentro de campo, o que vem buscar em todas as partidas. Sabíamos que ia ser outra final, estamos tratando cada jogo como uma final. Tenho que ressaltar o grupo, aqueles que entraram, aqueles que ficaram em São Paulo. Todos vêm com pensamento positivo, pensamento de vitória seja em casa ou fora”, disse Reinaldo.

Titular absoluto na lateral esquerda, Reinaldo era um dos jogadores pendurados do São Paulo neste domingo. Apesar do temperamento forte e algumas reclamações mais acintosas com o árbitro Wagner do Nascimento Magalhães, o jogador conseguiu evitar mais um cartão amarelo, que o tiraria do próximo compromisso da equipe no Campeonato Brasileiro, no próximo domingo, contra o Vasco, no Morumbi.

Reinaldo também comentou sobre essa mescla entre os atletas mais experientes e os jovens vindos das categorias de base que vem marcando a campanha do São Paulo na competição. Contra o Cruzeiro, o Tricolor mostrou mais uma vez que pode contar com os jogadores formados em Cotia, cada vez mais presentes no elenco comandado por Diego Aguirre.

“Não só eu, mas a equipe toda passa experiência para eles. O professor Aguirre, quando me colocou na ponta [esquerda, contra o Corinthians] disse para mim fazer o que sabia que eu iria sobressair. Isso serve para o Araruna, para os outros garotos. Eles têm cabeça boa”, completou Reinaldo.

Fonte: Gazeta Esportiva

3 comentários em “Reinaldo fala da boa fase e da confiança do grupo

  1. Eu tbm critiquei muito o King na primeira passagem, mas a sua recuperação esportiva, a humildade de ir pra times menores sem reclamar, e ao ser chamado de volta não pensou 2 vezes , veio correndo e sem mágoa , chegou no auge tanto físico quanto técnico .
    E hoje mostra o seu valor e a dua evolução.
    Parabéns King.

  2. Vou me penitenciar, rezando muitas ave-marias. Critiquei demais o Tiririca… e agora quero elogia-lo. Está mostrando personalidade ao lidar com o passado de críticas e gozações. É o que costumamos chamar de “volta por cima”! Parabéns… você foi de Tiririca – pela semelhança com o deputado – a KINGnaldo. Nada mais justo, até porque, pelo que sei, é um dos responsáveis pelo clima de cordialidade e descontração que está marcando o vestiário na era Aguirre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.