Presidente do São Paulo ouve pedidos para contratar Muricy em novo cargo

O nome de Muricy Ramalho, atual comentarista do canal SporTV, voltou à tona no São Paulo. Não para o cargo de treinador, do qual está aposentado desde o ano passado, mas para coordenador técnico. Nos últimos dias, o presidente Carlos Augusto de Barros e Silva tem ouvido pedidos de diversas partes do clube para contratar o ex-treinador para a nova função, com o intuito de auxiliar Dorival Júnior a tirar o time na zona do rebaixamento do Campeonato Brasileiro.

A criação do cargo de coordenador é assunto há mais tempo e chegou a ser discutido pela diretoria há cerca de uma semana. Não está descartado, mas no momento as prioridades da cúpula estão voltadas para outros movimentos, embora a situação no Campeonato Brasileiro já tenha ficado emergencial, com o time na 19ª colocação.

Com a ideia do novo cargo veio junto o nome de Muricy, ídolo da torcida, tricampeão brasileiro pelo clube entre 2006 e 2008 e que já declarou que voltaria ao clube em uma função mais diretiva.

Leco recebeu sugestões de conselheiros e aliados, mas é improvável que qualquer negociação com Muricy aconteça neste momento. Primeiro porque no São Paulo quem é mais próximo do ex-treinador acredita que dificilmente ele deixaria a função de comentarista neste momento. Muricy tem contrato para trabalhar na Copa do Mundo de 2018 na Rússia e se diz muito feliz na nova função. Depois que o relacionamento dele com o presidente Leco nunca foi bom. O mandatário ficou marcado por ser um dos críticos mais ferrenhos do ex-técnico durante a segunda passagem dele, na época do tricampeonato brasileiro.

Enquanto isso, conselheiros da oposição se mobilizam para pressionar Leco a aceitar a sugestão de criar o novo cargo e a torcida faz campanha por Muricy. Uma corrente favorável ao ex-técnico criou, inclusive, um abaixo-assinado na internet. Até esta manhã de sábado já são mais de 2.400 assinaturas haviam sido recolhidas. No Twitter, a hashtag #voltaMuricy ganhou desta nesta semana, e no Facebook há um evento sobre o tema. Você também pode assinar clicando aqui.

Muricy Ramalho ficou reconhecido como a figura que salvou o São Paulo na última vez em que o time agonizou na zona do rebaixamento, em 2013. Na época, ele assumiu o time na virada do turno no Z4 e logo engatou uma sequência de vitórias. Terminou o Campeonato Brasileiro em 9º.

Outros nomes são levantados no São Paulo para ocupar um cargo de coordenador, como de Raí, atual membro do Conselho de Administração. O ídolo, no entanto, não deve se envolver ainda mais no clube por conta de sua agenda pessoal.

O técnico Dorival Júnior não é contra a contratação de um novo profissional, caso a diretoria decida fazê-lo. Quando chegou, ele até falou com o diretor executivo Vinicius Pinotti sobre o tema. Disse que, se o dirigente era figura muito presente no CT, não era necessária a contratação de um outro profissional, mas não se opunha caso fosse essa a intenção. Pinotti concordou.

 

Fonte: Lance

6 comentários em “Presidente do São Paulo ouve pedidos para contratar Muricy em novo cargo

  1. Clerisson, o Muricy, enquanto treinador, dizia que não era de ficar falando, “ou dando choque”, ele dizia que o jogador estar no São Paulo é a maior motivação. Não o vejo dando choque em nada. Ele até poderia entrar como técnico (não dá mais, né?!?) e fazer as mesmas coisas que fez da outra vez. Como coordenador não consigo vislumbrar nada disso. E, outra, se esses jogadores respeitam o Muricy, seria como técnico, como boleiro.

    O negócio dele sempre foi treinar, ele era boleiro e assim se entendia com os jogadores. Esses jogadores atuais, provavelmente, nem sabem quem foi Muricy.

    Não acho que consiga alguma coisa. Espero muito estar errado, espero que o Muricy ou outro qualquer, dê jeito naquela esbórnia. Mas… abaixo assinado para colocar o Muricy como coordenador técnico? Eu acho que o Muricy nem sabe o que coordenador técnico faz. Hehe, calma moçada, foi uma brincadeira. Uma brincadeira com 80% de fundo de verdade.

  2. Carlos até concordo com vc em parte…

    Para nossa atual realidade o Muricy seria a melhor opção, para dar um choque nesse elenco atual e tentar mudar em CURTÍSSIMO PRAZO!!!

    Mas para longo prazo o ideal seria alguem mais gabaritado para exercer essa função!!!!!

    Mas a CURTO PRAZO … O melhor nome continua sendo Muricy Ramalho!!!!!

  3. No momento atual acho que o SPFC precisa e muito de um perfil como o de Muricy, que tem autoridade, conhecimento e respeito dos jogadores.

    Antes de ficar com esse blá, blá, blá de contratar analisando o desempenho e …. primeiro precisamos fazer que esses jogadores que estão lá JOGUEM, COISA QUE ESSE TÉCNICO MEIA BOCA, BURRO E TEIMOSO JÁ MOSTROU QUE NÃO SABE, ESTÁ PERDIDO.
    Tragam Muricy, coloquem Jardine agora e em 2018 vão atrás de um técnico de verdade como Abel Braga.

  4. A torcida diz, com certa razão, que a diretoria está perdida, etc…

    Acho que a torcida está muito mais perdida. De onde tiraram a idéia de que o Muricy pode exercer cargos diretivos, de coordenação, de planejamento?

    Muricy é e sempre foi boleiro. Nem aquele papo motivacional usado por muitos treinadores e coordenadores, ele tem. O negócio dele era treinar (“fechar a casinha”), de uns tempos para cá, nem isso.
    “Aqui é trabalho”, “a bola pune” e outras frases de efeito não servem para a função.

    O Raí tem um perfil muito mais apropriado e estão metendo o pau na “indicação”.

    Sempre achei o Marco Aurélio Cunha o mais preparado. Para tempos de crise então, nem se fala.

  5. Sei não…
    O Murici é muito íntegro para fazer parte dessa diretoria tricolor. Acho que ele não ficaria muito tempo e poderia fazer bem pouco pelo time…

  6. Esse maldito prefere rebaixar o São Paulo, a curvar-se ao Muricy.

    Leco, para a torcida você é o mal do São Paulo, o Muricy tem história, admiração e respeito da torcida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.