Presidente do Corinthians retruca diretor do São Paulo com provocação

Ao tentar se defender de uma questão que abordava o fato do Corinthians ter segurado seus atletas no elenco do início do ano para cá, enquanto o São Paulo optou por vender boa parte de seus jogadores que iniciou a temporada no clube, Vinicius Pinotti acabou causando polêmica na última terça e foi retrucado de forma “oficial” nessa quinta, pelo presidente corintiano, Roberto de Andrade.

O executivo de futebol do Tricolor acabou por comparar as duas instituições e causou mal-estar nos rivais ao depreciar a política de gestão e o histórico da equipe de Parque São Jorge.

O presidente do Corinthians, Roberto de Andrade, lembrou o fato de Pinotti ter assumido o cargo há pouco tempo no São Paulo (Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press)

“Se você olhar histórico de vendas do São Paulo, a gente vende muito mais que eles (Corinthians). Nossa vitrine é realmente mais atrativa. Saiu, há um tempo atrás, um estudo do valor dos elencos e você naturalmente vê porque eles conseguem segurar e a gente não. O elenco é valioso, chegam propostas grandes aqui. Historicamente, a gente produz e exporta muito talento, e isso é uma diferença”, afirmou Pinotti, que ocupa o cargo há menos de seis meses e antes era diretor de marketing do São Paulo.

Roberto de Andrade, então, não deixou por menos ao ser abordado pelos jornalistas durante entrevista coletiva na noite dessa quinta, em Itaquera. O mandatário alvinegro lembrou o desmanche que ocorreu no Corinthians em 2016 e cutucou os são-paulinos pelo fato da equipe de Rogério Ceni ter conquistado apenas dez pontos até agora no campeonato brasileiro. O Timão, por outro lado, lidera a competição e já conquistou o campeonato paulista depois de despachar o São Paulo nas semifinais.

Vinicius Pinotti era diretor de Marketing antes de assumir a função de homem forte do futebol do São Paulo (Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)

“Nós temos que entrar em um acordo. Ano passado todo mundo me criticou porque eu vendi o time inteiro. Ou você s concordam que o que ele falou está certo ou vocês estão errados em me criticar. Começa por aí. Estamos falando de meia verdade. Os valores independem, cada um tem um percentual de cada jogador, não vou ficar discutindo aqui o que o Pinotti disse ou deixa de dizer”, comentou Andrade, antes de emendar uma provocação e um aviso.

“O que o Pinotti tem de entender, ele chegou no cargo agora, como eu já fui diretor de futebol e hoje sou presidente, ele tem de falar do São Paulo, cuidar do São Paulo. Eu falo do Corinthians e cuido do Corinthians. E, por sinal, ele, por favor, que melhore um pouco o time dele, porque é o trabalho que ele tem, como eu também já tive aqui. Não fica preocupado com Corinthians. Deixa que aqui nós cuidamos”, encerrou o presidente corintiano, já em tom de voz mais elevado.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

11 comentários em “Presidente do Corinthians retruca diretor do São Paulo com provocação

  1. Que a vitrine São Paulo é maior não há dúvida. As maiores cifras de vendas estão no Morumbi. Cueva chegou, jogou 2 semestres, encheu os olhos da torcida e do mercado, daqui a pouco é o Marcinho. Uma pena que o clube está endividado e, por isso, não dá pra colher frutos duradouros. Melhor seria segurá-los como na décadas gloriosas de 80 e 90.

  2. Srs dirigentes do São Paulo FC, quando algum reporte fizer perguntas sobre Palmeiras, Corinthians, Santos, Flamengo, Fluminense, Vasco, Botafogo , etc….é só mandar ir perguntar aos dirigentes dos clube que foi citado, vcs não estão conseguindo cuidar do nosso São Paulo FC, e querem palpitar no vizinho, por favor deixem de ser burros e prepotentes.

  3. Fica claro que a prepotência e arrogância são características dos que seguem os conceitos deixados pelo JJ.
    Não vejo como inexperiência ou ingenuidade a resposta aos jornalistas, na verdade, de uns anos para cá, a imprensa sabe como provocar os dirigentes são paulinos, basta mencionar seus rivais.
    E aí veio uma declaração que mostra o quão maltratado está o time de futebol, afinal se gabar de ser uma vitrine, com grife SP, que vende mais, é coisa de comerciante de varejo e não de administrador de entidade esportiva.
    Tal fato corrobora com meu conceito de que JJ criou Cotia não para revelar jogadores para suprir o time principal e faturar com o seu desenvolvimento, mas para ser a fonte de recursos para tampar os buracos criados pela péssima administração em que jogaram o clube.

  4. Discussão entre “cartolas” pouco importa. O fato é que o time deles é bem melhor que o nosso e ponto. Temos que cuidar bem do “nosso quintal” antes de criticar a situação do quintal dos outros.

  5. Esse trabalho do Rogério Ceni até agora tá sendo um fiasco. O time não tem uma identidade, erra demais na defesa e o meio de campo não domina mais o adversário. O cara ter 6 meses, tempo, vários campeonatos, muitos jogadores e ainda por cima perder tudo e ficar no Z4 do Brasileiro é porque não sabe treinar. E aquele acessor dele que dizem ser expert e já escreveu livros? E o Pintado tá fazendo o que lá? E o Raí e esse conselho? Cara, na boa mas já era pra ter vindo resultado em 6 meses. O problema é que até agora vimos NADA, NADA e NADA. Vão esperar ficarmos umas 3 rodadas pra sair so Z4 pra trocarem de técnico? Tá uma ZOEIRA o São Paulo

  6. Um dirigente bem preparado tem por OBRIGAÇÃO fugir de perguntas de repórteres mal intencionados !!!

    Esse Pinotti mostrou todo despreparo!!!!!!

    Estamos ferrados com esses dirigentes! !!!!!!

  7. Esse imbecil do Pinotti poderia ter dormido sem essa….

    Triste dizer mas o presidente gambanista está coberto de razão nessa!!!!

    Nosso time rondando o Z4 e esse idiota fica cutucando o lider que nos arrebentou esse ano umas 3 vezes já. …

  8. É exatamente isso que a mídia quer e o clube e pior, a torcida cai toda hora.

    A pergunta foi clara ao Pinotti, o jornalista fez a comparação com o Corinthians e ele só explicou o ponto de vista, não foi ele que trouxe o Corinthians para a pauta.

    Vamos parar de dar ibope pra essa mídia gamba que está adorando criar tumultos no trabalho de Ceni.

    A torcida tem é que se unir e apoiar o trabalho, só um trabalho contínuo será capaz de tirar o tricolor dessa fase.. não adianta mudar diretores e técnicos a cada 6 meses… Concordo que o Rogério ainda comece seus erros por ser iniciante, mas tenho certeza que se tem alguém que se incomoda com a fase do time, é ele! então vão deixa-lo trabalhar que ele vai ajustar esse time! E não criem expectativas pra esse ano, já vinha falando isso desde o começo do ano, o trabalho tem que ser visto para 1 ano e meio ou dois anos!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*