Preço justo, garra e qualidade técnica: o que o São Paulo viu em Fernando Bob

O São Paulo negocia com o Internacional a contratação de Fernando Bob, volante emprestado para a Ponte Preta. A Macaca, no entanto, promete fazer jogo duro para não perder um de seus principais jogadores. A compra dos direitos é considerada viável economicamente pelo Tricolor, e o meio-campista foi bem avaliado pelo técnico Rogério Ceni.

Desde que soube da saída de João Schmidt, em junho, para a Atalanta, da Itália, o Tricolor escolheu possíveis substitutos no mercado. Além de Fernando Bob, outro nome para o meio, mas desta vez para o setor ofensivo, é o de Éverton Ribeiro, também na mira do Flamengo.

O perfil procurado foi de atletas com entrega e comprometimento dentro de campo. Nas palavras dos boleiros, aqueles que “deixam a vida” no gramado. Os escolhidos foram observados pelo departamento de análise de desempenho, dentre os quais Fernando Bob se encaixou.

Fernando Bob, volante do Internacional e emprestado para a Ponte, está na mira do Sâo Paulo (Foto: Marcos Ribolli)Fernando Bob, volante do Internacional e emprestado para a Ponte, está na mira do Sâo Paulo (Foto: Marcos Ribolli)

Fernando Bob, volante do Internacional e emprestado para a Ponte, está na mira do Sâo Paulo (Foto: Marcos Ribolli)

O Tricolor não queria necessariamente um atleta canhoto. Coincidentemente, o jogador de 29 anos e João Schmidt usam o pé esquerdo. Ele se enquadra no que Ceni deseja por ser um volante com boa distribuição de bola e qualidade nos passes.

O São Paulo considera que um meio de campo formado por Fernando Bob, Thiago Mendes e Jucilei, juntos ou revezando, deixa o time com mais qualidade para a disputa do Brasileirão.

Fernando Bob defendeu o Internacional (dois jogos) e a Ponte Preta (15 partidas) nessa temporada. Ele estaria liberado para jogar pelo São Paulo, terceiro clube no mesmo ano, pelo regulamento nacional de registro e transferências da CBF, pois as partidas pelo Colorado foram válidas pelo Gauchão.

Fernando Bob em aquecimento da Ponte Preta (Foto: Marcos Ribolli)Fernando Bob em aquecimento da Ponte Preta (Foto: Marcos Ribolli)

Fernando Bob em aquecimento da Ponte Preta (Foto: Marcos Ribolli)

O artigo 13 proíbe que um atleta atue por um terceiro time diferente no mesmo ano apenas se ele tiver participado de jogos em competições nacionais. No ano passado, São Paulo e Sport tiveram problema por conta desse dispositivo na transferência do lateral-direito Auro.

O Inter comprou 50% dos direitos econômicos de Fernando Bob por R$ 2 milhões em 2016. O SEV-Hortolândia tem 30%, o Fluminense 10% e a empresa Traffic é dona dos 10% restantes. Seu contrato com o Colorado é válido até o fim de 2018.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*