Opinião de São-paulino: Flamengo 1 x 0 São Paulo

Amigo são-paulino, aqui o espaço é seu. Use-o para comentar, criticar, elogiar, cornetar, enfim, diga o que achou da derrota do São Paulo para o Flamengo por 1 a 0 nesta tarde de domingo, no Engenhão.

19 comentários em “Opinião de São-paulino: Flamengo 1 x 0 São Paulo

  1. Pra mim , a derrota é responsabilidade de Luis Fabiano, mas também de Ney Franco,que fez uma terrível substituição,fazendo entrar Douglas.A entrada do lateral “forçou” Paulo Miranda a voltar para a zaga,onde ele é sabidamente péssimo e acabou falhando no gol deles.Aí Ney tentou consertar e deixou a coisa ainda pior.Sem contar que escolher Willian José (que a diretoria já descartou para 2012) e não Ademilson,foi outro erro crasso.A partir daí o Flamengo tomou conta da partida.

  2. Foram CINCO vitórias seguidas e ninguém entrou aqui pra comentar, agora na derrota aparece um monte.
    Na boa, vocês não são torcedores, são corneteiros! São a “turma do amendoim” do Felipão! São os mesmos caras que expulsam talentos como Kaká e Luis Fabiano do nosso time prematuramente.
    Isso é visa real, não é Fifa Soccer onde vc reinicia se perder! Façam um favor enorme, mudem de time!

    • Há um equívoco da sua parte, pelo menos em meu comentário não reclamei taticamente ou tecnicamente do time.

      Me referi ao Luís Fabiano, que é um goleador, mas não sabe bater pênalti, desde a primeira passagem foi assim.

      Essa meta particular (artilheiro do campeonato) não pode se sobrepor aos interesses do São Paulo (instituição).

      Certamente o Rogério teria feito o gol, que provavelmente nos daria a vitória, e nos deixaria muito mais próximos dos 3 primeiros.

      Faltou pulso ao ney Franco, para definir o Rogério como batedor oficial do time.

    • Comento quase sempre. Confira. Mas não vejo nenhum mal em quem comenta somente na derrota. E qual o problema com os “corneteiros”?
      Quem paga para assistir a uma partida paga para ver um espetáculo, para ver atletas dando seu máximo. O atleta ou técnico que reclama da torcida é um idiota que não entende a natureza de seu próprio trabalho. Só no futebol existe esse discurso ridículo de que o público pagante pode apenas apoiar.

  3. Concordo que penalidades podem ser pedidas, mas colocar um jogador com um histórico tão ruim para cobrá-la, numa tão partida importante, não faz sentido algum. Está sendo idiotice. O jogador queria fazer um gol em homenagem para filha? Quer atingir o recorde de gols com a camisa do time? Problema dele, ele que se vire para atingir essa marca jogando, o que não pode é o interesse pessoal do atleta se sobrepujar aos interesses do clube.
    Por sinal, a perda de penalidades tem sido uma constante no São Paulo. Já temos um histórico tão nefasto de pênaltis a favor nos últimos tempos e quando temos uma rara chance dessas, a perdemos. Alguém tem essa estatística neste ano? Ninguém treina esse tipo de cobrança no São Paulo?
    Gostaria de saber o que temos treinado de bola parada, pois Jadson, o cobrador oficial, está se especializando em errar cobranças de faltas e de escanteios. É enervante ver um escanteio ou um cruzamento com todo mundo na área e ele cobrar a meia a altura na cabeça do primeiro defensor adversário. E quando ele não está em campo a situação fica mais crítica ainda. Ninguém treina esse tipo de cobrança?
    Quem quer bater falta ou pênalti tem que treinar (muito) para isso, já ensinava o mestre Telê. O inútil “rachão” todo mundo quer treinar, mas fundamento que é bom nada. Depois, o técnico que exige isso em treino é chato, mandão, antiquado etc.
    Temos um jogo no meio de semana que pode acabar em pênaltis, mas com esse histórico é melhor sair de campo do que perder tempo cobrando.

    • Concordo, o LF nunca foi bom batedor, acho até que mais errou do que acertou. Agora, não entendo é o Nei considerar o Jadson com a mesma importância do Ceni, Lucas e LF. De vez em quando acerta uma assistência, erra em lances cruciais que poderiam resultar em gol, é desarmado com extrema facilidade e não ganha uma “meia dividida”. A falta de um reserva para o LF – WJ não conta – nos tirou a classificação o ano passado e nos ameaça de novo. É incrível como JJ, JPJL, Adalberto e Milton Cruz não viram isso. Até o Roger que faz gols na Ponte, nos ajudaria.

  4. Um ponto precisa ser enfatizado, o Luís Fabiano não sabe bater pênalti, desperdiçou várias cobranças ao longo de sua carreira.
    Em sua primeira passagem no SP foi assim, agora a mesma coisa.

    Não podemos entrar no ”se”, mas o Rogério Ceni precisa voltar a cobrar penalidades, e esta marca pessoal de artilheiro do campeonato para o Luís Fabiano não pode sobrepor aos interresses do São Paulo Futebol Clube.

  5. A derrota sem dúvida ficou na conta de Luís Fabiano. A perda do pênalti abalou o time, deu moral ao Flamengo e sua saída, prejudicou ainda mais o time, pois a zaga e os voltantes do Flamengo que estavam plantados em cima de Luís Fabiano, passou a não ter que marcar mais ninguém e sobrou até tempo para eles marcarem gol.
    Mas aqui entre nós, ainda acho que Luís Fabiano tem crédito pelo que fez este ano. Só não pode gastar todo em tão pouco tempo.
    Também temos que considerar que houve um erro do Ney Franco na substituição de Luís Fabiano. Colocou, na minha opinião, equivocadamente Douglas e o time embolou, se perdeu em posicionamento e atraiu o Flamengo. Depois para piorar, fez mais besteira, tirou Jadson. Pronto
    Isso apenas mostra o problema de limitação de elenco que estamos tendo. Saiu Luís Fabiano, não temos ninguém à altura, e time todo, que já não estava bom, se perdeu em campo. Saiu Jadson, que estava mal, o time fica pior ainda.
    Essa era uma das preocupações que eu tinha em jogos contra adversários mais fortes e, para mim, o Flamengo nem é o dos mais fortes que temos pela frente, mas é um dos times que costuma jogar bem em casa contra a gente e ainda está ameaçado pelo rebaixamento.
    Agora, temos que trabalhar muito bem o emocional do time e tomar muito cuidado para não engatarmos uma sequência negativa, pois nosso time está se especializando nessa irregularidade este ano. Engata uma sequência de vitórias e quando perde, fica abalado, e engata outra de resultados negativos.

      • Concordo com os pontos abordados pelo Régis: a) Luiz Fabiano continua com crédito. É decisivo e quando em campo preocupa toda a retaguarda do advesário, segurando, no mínimo, dois marcadores; b) decisiva no jogo foi a sua saída no intervalo do jogo e não o penalti que ele perdeu; c) o Ney realmente mexeu mal. Embolou o time e proporcionou a subido em bloco do Flamengo; d) todavia, não dá para culpá-lo porque o reserva imediato é RUIM demais. William “Cone” José é simplesmente ridículo.

  6. Jogo com resultado normal, que pese alguns jogadores não terem correspondido às expectativas como vinham fazendo, me refiro expecificamente a Osvaldo e Lucas, ficaram refens de marcação individual e não conseguiram ser opção de ataque nem para os laterais quando avaçavam nem para o armador. Volto a frisar que carecemos da alternativa bola parada e chutes de média e longa distância, haja vista o penalti perdido, total falta de orientação e cuidado com as oportunidades neste tipo de lance, poderia ser perdido mas por quem tivesse melhores condições em converte-lo ou seja o RC.
    Saudações Tricolores

    • No primeiro tempo, com o L.Fabiano em campo, Lucas e Oswaldo foram muito bem. A queda na produção deles decorreu da mexida equivocada do Ney. O time embolou e faltou alternativas pelos lados. Para corrigir, o Ney uso o que tinha no banco: William “Cone” José, ou seja, acabamos o jogo com 10 em campo!

  7. Um jogador com um salário desses devia ao menos treinar um pouco mais penaltis e se informar sobre o goleiro adversário. Esse é meu medo do Fabuloso, contra cachorro morto ele faz o nome, mas em jogos importantes quando não some na mediocridade junto com o time , faz das suas. Acho que JJ deveria dispensá-lo na primeira oportunidade lucrativa e investir em outro homem-gol.

    • Perdão amigo, mas não posso concordar com vc. O Luiz Fabiano é jogador de ponta, decisivo para as nossas pretenções.
      No mercado não tem nada melhor…apenas parecido. Precisamos investir num bom reserva…pois sem ele em campo a defesa adversária joga à vontade!

  8. Boa partida. O resultado poderia ter sido bem melhor, não fosse pela presepada do Luis Fabiano.

    Essa história de atacante que quer bater os penaltis para chegar a artilharia do campeonato, mesmo havendo batedor mais competente no time, é ridícula. É coisa que não deveria ocorrer nem em time de várzea. É o clube servindo aos propósitos de uma pessoa.

    Um time profissional deveria ter essas questões bem resolvidas. O batedor oficial tem de ser o atleta de melhor aproveitamento nos treinos e tem de treinar esses chutes regularmente. Segundo o Muricy, foi com esse pensamento na cabeça que ele autorizou o Ceni a bater a primeira falta.

        • Rogério Ceni no ano passado perdeu duas seguidas. Contra Bragantino no Paulista e Santa Cruz na Copa do Brasil. Muita gente também questionou isso e chegaram a dizer que ele era um mau batedor de pênaltis. Acho que o que precisa ser feito no São Paulo é treinar cobranças, seja Rogério, seja o Fabuloso, ou qualquer outro. Erramos muito pênaltis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*