Ney Franco escala “time da virada”

Foi com uma goleada incontestável por 3 a 0 sobre o Palmeiras que o São Paulo consolidou sua forma de jogar na temporada e foi buscar não só uma vaga no G4 como também avançar na Sul-Americana.

Aquele time estará em campo novamente no próximo domingo, contra o Náutico. Naquela ocasião, Wellington voltou a jogar como titular ao lado de Denilson e Paulo Miranda, que até então era zagueiro, se firmou na lateral direita do Tricolor com bela atuação e assistência para o gol de Luis Fabiano.

Ambos não enfrentaram o Grêmio no último domingo e estão confirmados por Ney Franco. Wellington estava cumprindo suspensão e Paulo Miranda ficou no banco de reservas porque acabara de se recuperar de entorse no joelho.

“Essa formação que vai entrar agora é altamente positiva em termos de números e não podemos desprezar. Com o Paulo na lateral e o Wellington no meio, foi justamente a formação que a equipe se ajustou. É muito importante entrar na reta final com a nossa formação ideal”, avalia o técnico.

Depois daquela vitória sobre o Palmeiras, ambos se firmaram no time e o São Paulo cresceu. A equipe ocupava a quinta colocação antes do clássico, quatro pontos atrás do Vasco. Aquela vitória foi a primeira de quatro seguidas que levou o time ao G4. Hoje a vantagem do São Paulo é de cinco em relação ao Botafogo, quinto colocado.

Fonte: Site Oficial

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*