Ney Franco celebra permanência de Luis Fabiano: “Final feliz”

A semana para o São Paulo começou com a esperada resolução do ‘caso Luis Fabiano’. Depois de expulsões e declarações polêmicas, o centroavante viu a diretoria agir e colocá-lo a disposição para negociações, mas após uma longa novela resolveu ficar no Morumbi. Para o técnico Ney Franco, o desfecho da história não poderia ser melhor.

“Aconteceu tudo o que clube, jogador, torcedor e eu queríamos: a permanência de um atleta como ele. Terminou com final feliz”, vibrou o treinador no CFA de Cotia. Artilheiro da equipe na temporada com 16 gols, Luis Fabiano é apontado pelo comandante como principal arma são-paulina para a sequência de 2013, a começar pela decisão da Recopa Sul-americana contra o Corinthians.

“O Luis no último jogo contra o Grêmio (empate em 1 a 1) foi o Luis que sempre esperamos. Além de fazer o gol, teve uma participação interessante. Os jogos contra o Corinthians já são motivantes e ter ele do nosso lado aumenta isso. Ele é uma referência para nós e perturba a defesa adversária. Se eles têm Pato e Guerrero, temos o Luis Fabiano, que sabemos que é decisivo”, aposta.

Preservado do treinamento desta sexta-feira para se recuperar de uma pancada na canela esquerda, o atacante não deve ser problema para Ney Franco neste sábado, quando o Tricolor encara amistoso com o Flamengo no Parque do Sabiá. O confronto festivo celebrará o aniversário de 125 anos da cidade de Uberlândia.

Caso as dores não diminuam, no entanto, a comissão técnica dificilmente colocará em risco a participação de Luis Fabiano na Recopa. O primeiro compromisso diante do Corinthians está marcado para a próxima quarta-feira, às 21h50 (de Brasília), no estádio do Morumbi. A partida de volta está agendada para o dia 17 de julho, no Pacaembu.

Aprovado –Outra notícia que envolveu os bastidores no São Paulo nesta semana foi a contratação do lateral esquerdo Clemente Rodríguez. O jogador de 31 anos e que estava no Boca Juniors chega ao Tricolor com o aval de Ney Franco, mas terá de suar a camisa para conquistar uma vaga entre os titulares.

Clemente chega porque teve a lesão do Carleto, mesmo que tenhamos o Juan e o Reinaldo. O mercado se apresentou e nós achamos conveniente a contratação. Chega, inicialmente, para disputar com o Juan e tem currículo interessante por Boca Juniors e seleção argentina”, elogiou o técnico, que viu Bruno Cortez e Henrique Miranda serem afastados pelos dirigentes após a eliminação na Copa Libertadores da América.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.