Ney faz mistério sobre time e mostra preocupação com evolução do Sport

A indefinição sobre o aproveitamento ou não de Osvaldo fez o técnico Ney Franco segurar a escalação do São Paulo para a partida deste sábado, contra o Sport, na Ilha do Retiro, pelo Brasileiro. Sentindo dores na coxa esquerda, o atacante fez tratamento no Reffis, irá viajar com a delegação para o Nordeste e será novamente avaliado neste sábado.

– O substituto do Jadson está amarrado por causa do problema do Osvaldo. Se ele jogar, tenho duas opções para o meio. A primeira seria utilizar o Maicon e manter a estrutura das últimas partidas. Na outra, o Lucas seria deslocado do lado direito para atuar mais centralizado, e o Douglas entraria na equipe. Se o Osvaldo não atuar, tenho de pensar porque posso mudar a maneira de atuar – explicou o treinador.

Se o vice-artilheiro da equipe no Brasileiro, com oito gols, for vetado pelo departamento médico, Ney Franco deverá abdicar do esquema 4-2-3-1, que vem sendo utilizado com sucesso nas últimas partidas. Nesse caso, voltaria ao 4-4-2, com Maicon e Douglas ganhando chance. O time será oficialmente anunciado apenas momentos antes da partida.

Ney Franco disse que, para vencer o Sport, o São Paulo precisa ter como referência a ótima atuação que teve contra o Vasco, em São Januário.

– O Sport vem de duas vitórias consecutivas e está animado. O Cicinho cresceu muito na lateral direita porque existe um volante (Moacir) que faz a cobertura. Precisamos repetir o que fizemos contra o Vasco. Lá, soubemos o momento de atacar e de valorizar a posse de bola. Conversei muito sobre isso com os atletas, precisamos voltar a somar pontos fora de casa – ressaltou.

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*