Neres festeja 2016 e não vê a hora de trabalhar com Ceni: “Aprender muito”

De estrela do sub-20 a joia do time principal. O ano de 2016 foi muito bom para David Neres, que tornou-se o xodó da torcida do São Paulo após ter tido grandes atuações na equipe comandada por Ricardo Gomes. A carreira do atleta deu uma grande virada em questão de meses.

– O ano, sem dúvida nenhuma, foi muito bom. Comecei bem na base, depois vim para o profissional. Fiquei satisfeito com o que mostrei, mas, sem dúvida, ainda tenho muito para aprender aqui no São Paulo – afirmou o jogador.

Neres começou a temporada como grande estrela do time sub-20, que foi campeão da Taça Libertadores da América da categoria, no Paraguai.  Após o torneio, ele fez uma cirurgia no ombro e ficou aproximadamente cinco meses parado. Quando voltou, fez alguns jogos no sub-20 e depois passou a treinar com os profissionais no CT da Barra Funda. E rapidamente chamou a atenção de Ricardo Gomes.

A estreia ocorreu no dia 17 de outubro, contra o Fluminense, em Mesquita. O momento era totalmente adverso, afinal, o São Paulo estava perto da zona de rebaixamento e perdia o jogo por 1 a 0. Mas Neres não se importou. Com bons dribles, ele ajudou a equipe a virar a partida e terminar com a vitória por 2 a 1, resultado fundamental para a equipe subir na tabela e deixar o grupo dos piores para trás.

Neres rapidamente virou titular com Ricardo Gomes, sempre jogando pelo lado direito.  No dia 22 de outubro, no Morumbi lotado, veio a alegria de marcar seu primeiro gol como profissional, na vitória de 2 a 0 sobre a Ponte Preta . Já em 5 de novembro, balançou as redes do principal rival tricolor: Neres deixou sua marca na goleada de 4 a 0 sobre o Corinthians. Ele ainda faria mais um gol, na goleada de 5 a 0 sobre a Ponte Preta, na última rodada do Brasileirão.

A temporada acabou, mas David Neres terá pouco descanso neste fimde ano. Afinal, foi convocado para a seleção brasileira sub-20 que, sob comando de Rogério Micale, disputará o Sul-Americano. Os trabalhos em Teresópolis continuarão até o dia 23, quando todos serão dispensados para as festas. A reapresentação ocorrerá no dia 2 de janeiro de 2017 – o torneio será realizado entre os dias 18 de janeiro e 11 de fevereiro, no Equador. Por causa disso, o atleta perderá a pré-temporada tricolor nos Estados Unidos.

Quando voltar ao São Paulo, ele irá trabalhar com Rogério Ceni, que assumiu a vaga deixada por Ricardo Gomes.

– Será muito especial trabalhar com o Rogério. Vou aprender muito com ele. Ser comandado por ele será uma felicidade – ressaltou Neres.

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*