Muricy confirma estreia de Kaká e crê em vê-lo “fazendo a diferença”

O técnico Muricy Ramalho não fez mistério e confirmou a escalação de Kaká entre os titulares do São Paulo na partida contra o Goiás, domingo, no Serra Dourada. Além do meio-campista, o zagueiro Rafael Toloi também disputará sua primeira partida neste retorno ao Tricolor, mas o treinador sabe que ambos podem sentir a falta de ritmo de jogo.

“O Kaká e o Toloi não fizeram a pré-temporada nos Estados Unidos, mas treinaram aqui. Enquanto os outros treinavam com bola, eles tiveram tempo suficiente para treinar o físico. Claro que jogo é diferente e podem estranhar, uma coisa natural, porque há muito tempo que não jogam. Eles vão sentir um pouco, mas só jogando para terem ritmo. São jogadores com experiência e esperamos que encurtem o caminho”, afirmou.

A última partida de Kaká com a camisa do Milan foi disputada em 18 de maio, contra o Sassuolo. Apesar de imaginar uma dificuldade inicial, Muricy Ramalho tem muita confiança no sucesso do jogador neste retorno ao Tricolor.

“Nessa passagem final dele pela Itália, voltou a jogar em um nível bom, tanto no lado físico e quanto no técnico. Isso é importante. Como é experiente, pode orientar o time, tem uma maneira de tratar os colegas. Isso é fundamental, porque nosso grande líder fica longe, é o Rogério, e precisamos de alguém no campo para orientar e parar. Ele pode fazer a diferença, sim”, afirmou.

Kaká foi contratado pelo São Paulo durante a paralisação do Campeonato Brasileiro para a Copa do Mundo. Na verdade, ao deixar o Milan, o meio-campista acertou contrato com o Orlando City, mas, como a próxima temporada dos Estados Unidos só começa em março de 2015, o clube norte-americano aceitou emprestá-lo ao Tricolor até dezembro.

Inicialmente, o presidente Carlos Miguel Aidar esperava que o jogador estreasse contra a Chapecoense, na rodada passada do Brasileirão, mas não houve tempo suficiente de preparação. Agora, Muricy não vê mais motivos para deixá-lo fora do time e tirou Osvaldo para colocá-lo na equipe.

“Ele treinou muito duro e já estava passando do tempo de treinamento para jogo. Está na hora de ele jogar. Não dava para continuar treinando sábado, domingo, de manhã e tarde. Estava extrapolando, chegando ao limite, porque ele precisa jogar também. Não são só os treinamentos que preparam o jogador. Ele está se sentindo bem e só por isso que vai jogar”, completou.

Enquanto Kaká volta ao São Paulo depois de longa passagem pelo exterior, Rafael Toloi retorna ao time após período de empréstimo na Roma.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*