Michel Bastos diz que gramado e calor prejudicaram o São Paulo

Autor do primeiro gol do São Paulo na vitória sobre o Penapolense, neste domingo (01), o meia Michel Bastos encontrou duas explicações para a atuação da equipe tricolor não ter sido espetacular na vitória por 3 a 1. Segundo ele, a equipe do Morumbi sofreu com o calor e a falta de qualidade do gramado do estádio Tenente Carriço.

“Esse gramado é complicado. O calor também não ajuda”, lamentou o camisa 7 em entrevista à “Rádio Difusora” de Penápolis.

A despeito de ter controlado mais a bola no primeiro tempo, o São Paulo finalizou menos do que o Penapolense. Depois do intervalo, também ofereceu uma chance de gol ao rival antes de fazer 2 a 0.

“Como somos uma equipe técnica, sempre é melhor ter um gramado em boas condições. Mas faz parte”, disse Michel Bastos. “O gramado não ajuda, mas é ruim para nós e para eles. O calor também é para nós e para eles”, completou.

Por causa da alta temperatura, o árbitro Guilherme Ceretta de Lima teve de fazer paradas técnicas nas duas etapas do jogo. Segundo o site “Jornal do Tempo”, que é parceiro do UOL, Penápolis teve temperatura na casa de 34º C neste domingo.

 

Fonte: Uol

3 comentários em “Michel Bastos diz que gramado e calor prejudicaram o São Paulo

  1. Meu amigo, o calor e o campo foi igual para todo mundo, o único diferencial do time do São Paulo com o do Penapolense é o salário que vocês ganha para virem dar essa desculpa esfarrapada… vão ti catar todos, tem que ir para roça e pegar na enxada e carpir pé de café e tirar leite ai vocês podem falar de calor e campo, bando de incompetentes…..

    Esse time vai nos dar muita muita raiva nessa temporada, escrevam o que digo, tem que tirar esse técnico ultrapassado que não quer nada com nada!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*