Marco Aurélio enaltece Rodrigo Caio e pede menos pragmatismo a Ceni

Figura emblemática e influente no São Paulo, Marco Aurélio Cunha compareceu ao salão nobre do Morumbi na noite dessa terça-feira para expressar seu apoio a Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, na eleição presidencial do clube tricolor. Atualmente fora da direção são-paulina e focado em gerir o futebol feminino da CBF, Marco Aurélio não deixou de se posicionar sobre o tema que tomou conta do noticiário nos últimos dias: o ato de honestidade de Rodrigo Caio no clássico contra o Corinthians e as consequências internas que foram geradas, principalmente por integrantes da comissão técnica e jogadores que reprovaram a atitude.

“Eu não estava no vestiário. Eu não vi e não posso falar sobre o que eu não vi. A única coisa que eu posso falar é que eu sou Rodrigo Caio. Somos todos Rodrigo Caio. Quem não é não é ético. Quem não é não apoia a Lava Jato. Eu acho que nós temos que louvar o que ele fez, estimular o que ele fez, que meus filhos vejam o que ele fez e que a gente siga exemplos desse tipo”, afirmou, para levantar campanha em seguida.

“Não é ser idiota, não. É ser correto. E o futebol tem um pouco da malandragem, cavar uma falta, isso faz parte do futebol, mas não descaradamente um árbitro errar e você dizer que estava certo. Se você percebeu um erro absurdo do árbitro, você tem que ir lá e dizer ‘não, não foi bem assim’. Uma bola que não bateu no braço e o juiz deu pênalti. Eu penso assim. Eu não quero ganhar nenhum jogo de forma ilícita”, completou.

Mas, nos bastidores, surgiram boatos de que o próprio Rogério Ceni condenou a postura de Rodrigo Caio. Maicon, capitão da equipe e companheiro de zaga do jovem revelado em Cotia, não escondeu que teria tomado outra atitude. Marco Aurélio Cunha tentou relativizar, mas não deixou de cobrar uma postura “mais adequada” dos são-paulinos.

“Eu vivo no futebol há 40 anos. Na hora do ‘vamos ver’, as pessoas falam muita besteira. ‘Olha, não tem que dar moral para o cara e bla bla bla’. Futebol de derrota é assim. A gente reclama, tem um chororô, uma raiva pelo resultado. No dia seguinte, todo mundo raciocina de forma correta e para de falar bobagem. Eu não penso assim. Eu acho que o Rodrigo fez bem. A serenidade faz você agir de forma adequada. Não é politicamente correto, não. É você até se corrigir do seu equívoco. Eu acho que não vai acontecer nada. Eu já vi cara brigar porque não passou a bola. Morre ali. Futebol não é mimimi, fofoquinha, não é o programa da tarde”, contemporizou.

Em seguida, Marco Aurélio Cunha fez uma avaliação positiva do trabalho desempenhado por Rogério Ceni à frente do time do São Paulo, mas não deixou de aconselhar o ídolo, ainda novato na função. Para o conselheiro tricolor, o ex-goleiro precisa deixar de ser tão pragmático.

“Tenho achado muito bom, com dificuldades muito naturais e com um envolvimento que eu gostaria que todos os treinadores tivesses. Acho que tão envolvido quando o Rogério eu conheço dois: Tite e Abel. São caras que vivem o futebol de manhã, de tarde e de noite. Muricy também era assim”, comparou.

“Talvez falte para ele ainda o entendimento de que um personagem sai do contexto gráfico e pode resolver alguma coisa no improvável. O treinador, quando começa, quer ser muito pragmático. E às vezes o treinador tem que ser um pouco inspirado. Eu lembro do Pepe, que trabalhou comigo, ele fazia substituições improváveis e o cara que entrava ia lá e metia gol. O Pepe tinha uma intuição absoluta. Essas coisas o tempo dá. É abrir mão um pouco do pragmatismo e dar espaço para o intuitivo. Nesse momento ele vai se tornar um dos melhores”, opinou Marco Aurélio Cunha.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

4 comentários em “Marco Aurélio enaltece Rodrigo Caio e pede menos pragmatismo a Ceni

  1. Rogerio Ceni, Menos, menos mesmo! Soube que v. xingou e reprimiu
    o Rodrigo Caio !!
    V. está se rebaixando tanto e se igualando a muitos(ou a todos) brasileiros
    políticos. V. deveria valorizar o seu atleta que sempre teve dignidade e carater
    muito acima , inclusive de Voce(provou agora pela sua baixaria !)
    Que vergonha a atitude de um Lider !V. está se nivelando ao Maicon e alguns
    Gersons (que só quer levar vantagem a qualquer custo). É feio !
    Rodrigo Caio; o verdadeiro torcedor está tendo orgulho de V.
    Parabens !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*