Maratona de jogos preocupa comissão técnica do São Paulo: ‘É desumana’

O São Paulo está na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro e tem mais uma dificuldade para se livrar da situação incômoda na competição. A CBF remarcou o jogo diante do Náutico para o próximo 3 de setembro, e, com isso, o Tricolor terá de enfrentar quatro adversários no período de oito dias. O fato já causa preocupação na comissão técnica do clube do Morumbi.

O preparador físico Sérgio Rocha criticou o calendário e a sequência de partidas que o Tricolor terá pela frente.

– Temos de nos preocupar um pouco com os atletas, com o produto final. Em outras modalidades, tentam preservar o atleta e aqui não se respeita o ritmo biológico. Nesse caso é desumano, em uma competição complicada, que estamos em uma situação delicada, e esse aperto faz diferença. É uma agressão ao atleta. Temos uma programação para essa semana e não deve mudar nada. Na próxima semana, vamos ter de fazer adequações à ela – declarou.

O confronto diante do Botafogo, no dia 1º, às 16h, foi mantido. Dois dias depois, a delegação paulista viaja para encarar o Náutico, em uma terça-feira, em Pernambuco. Na quinta-feira, enfrenta o Criciúma, às 21h, em casa. E, no outro domingo, pega o Coritiba, às 16h. Três dos quatro jogos serão disputados longe de São Paulo.

Por conta dessa maratona de jogos, Sérgio Rocha procura meios para que o impacto e o desgaste sejam os menores possíveis.

– Não tem o que fazer. Temos de tentar recuperar os atletas, fazer uma boa alimentação, descansar o máximo possível e fazer a estrutura de viagem da melhor forma possível – completou.

Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.