Maicon pede time sem “fififi” por cansaço: “Isso é coisa de fraco”

O zagueiro Maicon foi o último reforço a chegar ao São Paulo nesta temporada, mas já fala como um dos líderes do elenco. Dono de boa atuação contra o River Plate, na Argentina, ele se recusou a culpar o cansaço pela derrota diante do Palmeras, no domingo, além de exigir dos companheiros que não fiquem procurando desculpas caso o time seja derrotado também ante o Trujillanos, na Venezuela.

“Acho que não atrapalha em nada. Dentro de campo são 11 contra 11, então não tem que ficar de ‘fififi’, dar desculpa, falar que é isso ou aquilo. Infelizmente não conseguimos nosso objetivo contra o Palmeiras, agora temos de ir em busca dos outros”, constatou o defensor, explicando os motivos da derrota para o rival no estádio do Pacaembu.

“O São Paulo não tem time misto, tem um grupo de jogadores com muita qualidade, quem entra e quem sai é capacitado para jogar como os 11 iniciais. Todos que jogaram têm essa capacidade. Eles fizeram um gol no contra-taque, tivemos de nos expor e sofremos o segundo”, analisou, mantendo o tom ao descartar qualquer desgaste físico na etapa final.

“Desculpa é coisa de fraco e isso é algo que eu não sou. Perdemos, a culpa é somente nossa. Claro que a arbitragem prejudicou um pouco, se sai ganhando de 1 a 0 poderia fazer o Palmeiras sair para o jogo, mas isso não aconteceu”, continuou o jogador, que pertence ao Porto, de Portugal, e está emprestado ao clube do Morumbi até dia 30 de junho.

Procurando mostrar confiança na capacidade dos são-paulinos, que têm apenas um ponto conquistado no torneio continental e encaram duas vitórias contra o Trujillanos como algo essencial na busca pela classificação à próxima fase, o atleta pediu para mandar um recado aos torcedores.

“O que que posso dizer da minha parte e dos meus companheiros, principalmente da minha, é que vai ter muita vontade e determinação. Não sou de jogar a toalha, vou batalhar. Não tivemos bons resultados recentes, mas pode esperar muita vontade. Pode acreditar que a gente vai estar bem preparado, centrado em busca do resultado positivo”, prometeu.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Nota do PP: esse cara me parece profissional daqueles com P maiúsculo. Acho que a diretoria deveria não medir esforços para contratá-lo em definitivo.

4 comentários em “Maicon pede time sem “fififi” por cansaço: “Isso é coisa de fraco”

  1. Concordo com todos vocês vamos acabar com essa conversa de cansado, o que esta faltando é diretor macho para tomar estas providencias, acabar com esse negocio de rodizio, jogador titular tem que jogar todo dia, alem de ganhar muito bem eles tem um monte de mordomia.

  2. Na semana passada critiquei, aqui, o fato do SP falar em tentar contratar o Maicon em definitivo, por não achar que valia a pena. Mudei! Só por essa entrevista e posicionamento valeria pagar 10 milhões de euros por ele. Faz muito tempo, desde que o Murici começou com essa conversinha de jogador estar cansado, não vejo um posicionamento tão assertivo como este do Maicon. Parabéns, Maicon! Isso é ser, antes de tudo, homem. Não ficar se escondendo atrás de desculpas idiotas de cansaço por excesso de jogos – como se os outros times também não jogassem a mesma quantidade deles. Ademais, ontem, o Maicon não chutou para o lado que o nariz estava virado, não; ele procurou e, em quase todas as vezes, encontrou seus companheiros que receberam seus bons passes.
    Fica Maicom!!!!

  3. Vende o Rodrigo Caio e Lucao,Migué Bastos e compra esse cara pois vale o investimento ,ele ainda tem muitos anos pela frente,vamos contratar mais na certeza do que nessa baciada de inúteis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*