Libertadores: como final mineira e São Paulo na Sul-Americana deixam briga

Restam apenas seis rodadas para o desfecho do Campeonato Brasileiro, em que a luta pela classificação para a Libertadores promete ser uma das principais atrações. No entanto, a disputa na Série A corre paralelamente a outros torneios, que devem influenciar a definição dos representantes do país no torneio continental de 2015.

Atualmente o G-4 do Brasileiro é formado por Cruzeiro (64 pontos), São Paulo (59), Internacional (56) e Fluminense (54). Atlético-MG (54), Grêmio (54) e Corinthians (54) também figuram na briga. Mas o grupo de classificação pode virar G-5 e até G-3 [confira as combinações ao final do texto].

O Brasil terá cinco vagas na Libertadores de 2015, ao contrário das seis dos últimos anos. Isso porque o país não conseguiu fazer o campeão da edição passada, já que o título ficou com os argentinos do San Lorenzo.

MINEIROS PODEM TRANSFORMAR G-4 EM G-5

A inédita final mineira da Copa do Brasil tem grandes chances de influenciar a classificação dos times do país para a Libertadores de 2015. Vamos às possibilidades:

Cruzeiro campeão:

Como o time de Marcelo Oliveira dificilmente deixará o G-4 do Brasileiro, neste caso acumularia vaga também como vencedor da Copa do Brasil. Assim, permitiria que o 5º colocado da Série também se qualifique. Hoje, ironicamente, este beneficiado seria o rival Atlético-MG.

Atlético-MG campeão:

Se vencer a Copa do Brasil e ainda conseguir ficar entre os quatro primeiros da Série A, o time de Levir Culpi pode abrir vaga para o 5º colocado do Brasileirão.

Os grandes rivais de Belo Horizonte decidem a Copa do Brasil a partir da próxima semana. O jogo de volta está marcado para 26 de novembro.

SÃO PAULO PODE ACUMULAR VAGAS

As conjecturas podem ficar complexas com um eventual sucesso do São Paulo na Copa Sul-Americana, torneio que também confere ao campeão uma vaga na Libertadores do ano seguinte. Mas se isso acontecer, o regulamento prevê que o país abra mão de uma vaga: assim o G-4 da Série A viraria G-3.

No entanto, atualmente o São Paulo ocupa a segunda colocação do Brasileiro, dentro do pelotão de classificação para a Libertadores. Ou seja, desta forma, com base no regulamento da CBF, o quarto colocado não seria frustrado, também iria à edição de 2015 da competição sul-americana (atualmente o Fluminense aparece nesta posição).

Portanto, o São Paulo só faz “desaparecer” uma das vagas dentro do Brasileiro nesta combinação: campeão da Sul-Americana e fora do G-4 da Série A. Isso, ainda se o campeão da Copa do Brasil ficar também fora do G-4.

Depois de eliminar o Emelec, mesmo com a derrota da última-quarta-feira no Equador, o São Paulo agora encara o Atlético Nacional de Medelín, da Colômbia. O outro confronto semifinal ainda não está definido, mas os rivais argentinos River Plate e Boca Juniors estão em vantagem em suas respectivas séries.

As contas para classificação para a Libertadores 2015
  • G-3

    São Paulo campeão da Sul-Americana e fora do G-4 + campeão da Copa do Brasil fora do G-4

  • G-4 (1ª combinação)

    São Paulo campeão da Sul-Americana e fora do G-4 + campeão da Copa do Brasil dentro do G-4

  • G-4 (2ª combinação)

    São Paulo campeão da Sul-Americana e dentro do G-4 + campeão da Copa do Brasil fora do G-4

  • G-4 (3ª combinação)

    São Paulo não vence a Sul-Americana + campeão da Copa do Brasil fora do G-4

  • G-5 (1ª combinação)

    São Paulo campeão da Sul-Americana e dentro do G-4 + campeão da Copa do Brasil dentro do G-4

  • G-5 (2ª combinação)

    São Paulo não vence a Sul-Americana + campeão da Copa do Brasil dentro do G-4

    Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*