Letais, Kardec e Henrique duelam pela “liderança” de gols nos clássicos

Alan Kardec deixou o Palmeiras de forma conturbada em abril, rumo ao São Paulo. Poucos dias antes, o Verdão havia contratado Henrique para ser o centroavante reserva, mas ele acabou se tornando titular por conta da saída do camisa 14 e hoje é o artilheiro do Brasileirão. Neste domingo, os dois estarão frente a frente no Morumbi. E, além desse histórico, colocarão à prova o ótimo desempenho em clássicos que eles têm nesta temporada.

Kardec conseguiu, em menos de um ano, uma façanha improvável: fez gols contra os quatro grandes clubes de São Paulo. Quando atuava pelo Alviverde, marcou em Corinthians, Santos e no próprio Tricolor. Já no primeiro clássico contra a ex-equipe, também deixou sua marca. Com esse números, é o jogador com mais gols em clássicos paulistas neste ano, ao lado de Gabriel, do Peixe.

O camisa 14 comemora o bom desempenho, sobretudo por considerar esses jogos como diferentes para os atletas e para os torcedores.

– Fico feliz de ter esse bom desempenho em clássicos, porque são jogos marcantes. Sempre é muito bom fazer gols em partidas assim. Tenho conseguido ir bem neste ano, sei que são jogos muito importantes para os torcedores também. Espero no domingo manter esse retrospecto, até porque precisamos muito da vitória para ficarmos mais próximos dos nossos objetivos – disse Kardec.

Henrique não fica muito atrás quando o assunto é enfrentar um rival. Ele superou a desconfiança também graças ao desempenho nesses jogos, já que balançou as redes contra São Paulo, Santos e Corinthians. Retrospecto animador para o clássico. Um gol atrás de Kardec e Gabriel na “disputa”, ele pode assumir a liderança no domingo.

Nesta quinta-feira, o camisa 19 do Verdão falou sobre o reencontro com Alan Kardec e lembrou a dificuldade que teve para superar o peso de substituir o então artilheiro do time.

– Ele é um grande jogador, só o vi duas vezes aqui no Palmeiras. Espero que não esteja em noite feliz e o nosso time esteja. Trata-se de um grande jogador, todos sabem. Tem esse respeito, mas será ele defendendo as cores do São Paulo e eu a do Palmeiras. Vou dar o meu melhor para o nosso lado sair vencedor – disse Henrique.

– Foi muito complicado, a gente sabia da responsabilidade. Mas eu estava preparado para isso. Acho que tive uma receptividade muito boa e isso contribuiu para eu mostrar meu trabalho e conseguir suprir a ausência dele parcialmente. Espero continuar nessa sequência – completou.

Alan Kardec e Henrique estão confirmados para o clássico de domingo. Com eles em campo, a chance de bola na rede do rival é grande.

 

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*