L10? Lucas pode ser o maestro tricolor em Recife

Ney Franco ainda não definiu o substituto de Jadson, suspenso contra o Sport, neste sábado, na Ilha do Retiro. Uma das opções do treinador é deslocar Lucas para o centro do campo e abrir Douglas pela direita. Função que não seria novidade para o camisa 7 são-paulino.

Lucas surgiu para o futebol brasileiro justamente na função de um camisa 10. Com o místico número nas costas, o meia-atacante conduziu o São Paulo ao título da Copinha de 2010. Com a mesma camisa, ele conquistou o Sul-Americano Sub-20, em 2011, com a Seleção Brasileira, quando o próprio Ney Franco era o seu treinador.

“Estou preparado para jogar nessa posição se for preciso. Na base do São Paulo já joguei assim, com o próprio Ney Franco na Seleção Sub-20. Jogando centralizado tenho a opção de movimentar o campo inteiro, fazer jogada dos dois lados. Estou adaptado nas duas funções e, onde precisar, estou preparado”, disse Lucas.

O são-paulino é um dos destaques da equipe na temporada. Ao todo, são 50 partidas e 11 gols. Confiante em um bom resultado, Lucas espera aumentar a distância para o Vasco. Com 55 pontos, o Tricolor é o quarto colocado, cinco pontos a mais que a equipe carioca.

“Tivemos um tropeço contra o Flamengo, mas felizmente o Inter ganhou do Vasco. Agora temos mais uma chance de distanciar um pouco mais. Será uma partida muito complicada para nós, mas temos qualidade e elenco para chegar lá e vencer. Queremos nos manter vivos no G4”, completou o camisa 7.

Confira os números de Jadson e Lucas na temporada:

Lucas

  • Jogos: 50
  • Assistências: 11
  • Gols: 11

Jadson

  • Jogos: 60
  • Assistências: 19
  • Gols: 8

Fonte: Site Oficial

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*