Kelvin se empolga com o São Paulo: “Jogo com o River deve servir de base”

Titular pelo segundo jogo consecutivo na Libertadores, o meia-atacante Kelvin ficou empolgado com a forma como o São Paulo se impôs diante do River Plate, na quarta-feira, no Morumbi. Para o jogador, a atuação na vitória por 2 a 1 sobre os argentinos deve servir de parâmetro para o Tricolor no restante da temporada. Ele entende que é esse o tipo de mentalidade que levará o clube a conquistar seus objetivos em 2016.

“Esse jogo contra o River tem que servir como uma base para nós. Se nós jogarmos assim daqui para frente, será difícil ganhar do São Paulo”, disse Kelvin, confiante de que o Tricolor avançará às oitavas de final da Libertadores. A equipe garantirá a vaga se empatar com o Strongest na próxima quinta-feira, na altitude de La Paz. “Precisamos só de um empate na Bolívia, então temos que manter essa pegada para conquistar o resultado e a classificação”.

A intensidade, inclusive, foi o principal trunfo do São Paulo diante do River. “O time se dedicou muito na marcação e fechou todos os espaços deles”, avaliou Kelvin. Apesar de ter sido substituído por Thiago Mendes, aos 33 minutos do segundo tempo, o meia-atacante também fez questão de valorizar a importância que adquiriu para o esquema tático de Edgardo Bauza.

“Venho trabalhando cada dia mais. O Bauza sabe que eu sempre busquei meu espaço desde no São Paulo. E que ainda estou buscando”, disse Kelvin. “Fico feliz por receber a oportunidade e sempre procuro corresponder. Eu me senti bem em campo e puder ajudar a equipe. Mas creio que todo o time se ajudou, já que vínhamos apresentando esse bom desempenho nos últimos jogos da Libertadores. Isso serve para pegar confiança”, concluiu.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*