Jardine exalta trabalho da comissão técnica e do elenco Sub-20

O elenco Sub-20 do São Paulo vive uma verdadeira maratona de jogos, porém, não é motivo de lamentação por cansaço, mas sim de comemorar para os jogadores e nem para o técnico André Jardine. Líder no Paulistão Sub-20, segundo colocado no Campeonato Brasileiro Sub-20 e terceiro na Copa Paulista, estando em todos na zona de classificação, o comandante exalta vontade de ganhar do elenco e bom planejamento e entrosamento da comissão técnica.

Neste sábado, dia 2 de setembro, pela manhã, a equipe juniores entrará em campo no Morumbi, às 10h, pelo torneio profissional que disputa, a Copa Paulista. O Tricolor está em terceiro lugar com 15 pontos em nove jogos, sendo um jogo a menos que o Desportivo Brasil, que soma 17 pontos, e a Inter de Limeira, adversário desta rodada, com 21 pontos. Com mais uma vitória nos três jogos que faltam na primeira fase, o São Paulo encaminha sua classificação para a segunda fase da competição.

No período da tarde, o duelo será pelo Campeonato Paulista Sub-20, às 15h, no Canindé, contra a Portuguesa. O Tricolor lidera o Estadual com 39 pontos, tendo a melhor campanha geral da competição. São 13 pontos de vantagem para o quinto colocado, o São Bernardo, o primeiro time fora da zona de classificação do Grupo 4. Com mais duas vitórias nos próximos seis jogos que ainda restam na primeira fase, o São Paulo já está garantido na fase de mata-mata do Paulistão.

Com dois jogos no mesmo dia e viagem agendada para a terça-feira, para Chapecó, onde enfrentará a Chapecoense pelo Campeonato Brasileiro Sub-20 na quarta-feira, dia 6, o técnico André Jardine comemora a boa fase da equipe e o bom aproveitamento de todo elenco juniores, que conta com aproximadamente 40 atletas.

“Está sendo muito gratificante. Temos que enaltecer a virtude dos meninos que tem correspondido a altura da exigência que é defender o São Paulo em qualquer instancia, independente da equipe que tem sido formada e colocada em campo, temos representado bem em todas as frentes”, vibrou.

Jardine ressaltou a parceria feita com Marcos Vizolli, técnico da categoria Sub-19, do preparador físico Juliano, que tem trabalhado em parceria com o preparador Sub-20, Kako Perez, e toda comissão técnica, que juntos traçam estratégias dia a dia, de acordo com a competição e sempre pensando no próximo jogo, garantindo assim bons resultados e colocando todos jogadores para atuar e mostrar serviço.

“Nossa comissão, com Vizolli, Juliano, a integração que estamos tendo e planejamento que fazemos semana a semana tem sido muito bem executado. Quem ganha com isso é o São Paulo, que desenvolve um grande número de jogadores e forma grandes atletas, que poderão ainda render muitas alegrias ao profissional do Tricolor”, finalizou.

 

Fonte: Site Oficial

3 comentários em “Jardine exalta trabalho da comissão técnica e do elenco Sub-20

  1. Já passou da hora do Jardine ter sua oportunidade à frente dos profissionais do S.Paulo! Ele é muito melhor do que todos os técnicos que trabalharam no clube, depois de 2008. O problema é a diretoria ter culhões para bancá-lo por, pelo menos 6 meses, com carta branca para mexer no time à vontade, sem ter que colocar pra jogar atletas com salários altos. Seus times tem padrão; seus esquemas táticos variam mas são conhecidos pelos atletas que os executam direitinho; e ele sabe quando precisa mudar algum elemento quando muda o esquema de jogo. Enfim, é um técnico preparado teoricamente, já provou conhecimentos superiores a 90% dos técnicos brasileiros e, o que é mehlor: é GANHADOR!!!

  2. Ano passado quando da indicação de RC para técnico, escrevi neste espaço que, na minha opinião, Jardine seria o nome mais indicado, por tudo que havia feito durante o ano e pela total inexperiência do outro como treinador. Considerei também o fato de que um dos objetivos apresentados seria aproveitar um maior número de atletas da base mesclando com jogadores mais experientes. Mas, os dirigentes têm outra visão das coisas, ou seja, seus interesses em primeiro lugar, haja visto que no Corinthians efetivaram Carille por que não conseguiram contratar ninguém, ele era quinta ou sexta opção, no São Paulo foram mais obtusos colocaram um aprendiz e agora um expert em série B.

  3. Quando demitiram o R. Ceni, escrevi aqui para promoverem o Jardine, não estaríamos nesta situação, se ele apostasse na base, mesclando com Jucilei, Petros, Hernanes e Pratto, ao menos no meio da tabela estaríamos, mais o objetivo dessa Diretoria é vender jogador e hoje estamos passando essa vergonha, o Dorival Jr. está com o mesmo conceito do R. Ceni, quer jogar bonito em vez de focar na defesa, porque não tem um gestor de futebol pra abrir os olhos deles, contratam analisando um jogo específico em que o jogador foi bem, esse departamento de análise e desempenho só pode ter corinthiano lá pra aprovarem, Denilson, Maicosuel bichado, Edimar, Thomaz, Jonathas Gomes, sem falar em Ardelan e Bruno Alves que nem estrearam ainda, mas se estão na reserva, presumo que sejam piores que Arboleda e R. Caio, enquanto isso o Sr. Leco dorme em seu trono esplêndido, afinal esse não era o grande sonho desse elemento ser presidente do São Paulo, mas nem o JJ o indicou, será que já sabia do potencial dele?
    Os próximos 4 jogos serão determinantes para nossa trajetória, precisamos fazer no mínimo 8 pontos de 12.
    Fosse qual outro clube do Brasil com essa gestão destruidora, já estaria na série C, essa é a pior gestão do Brasil, estão superando a Portuguesa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.