Hudson agora seca o Corinthians, após torcer contra o Internacional

As decepções e os insucessos do São Paulo em 2016 não devem acabar daqui a duas rodadas do Campeonato Brasileiro, quando toda a Série A entrará de férias. Isso porque o Tricolor do Morumbi corre um sério risco de ser o único clube grande do Estado a ficar de fora da disputa da próxima Copa Libertadores da América. Palmeiras e Santos já garantiram suas vagas e o Corinthians está a apenas um ponto do G6, com um confronto direito pela frente, além da possibilidade de ser beneficiado por um possível G7, já que Atlético-MG e Grêmio são os finalistas da Copa do Brasil. Hudson não nega que o cenário seria o pior possível para os são-paulinos em 2017.

“É uma situação que a gente não esperava nunca, ver nossos três maiores rivais disputando a Libertadores e a gente não. Não queríamos estar passando por isso. Mas, vamos ter de concentrar nossas forças no Campeonato Paulista. Faz tempo que o São Paulo não ganha o Paulista, então, vai ter que ser a nossa Libertadores”, admitiu o volante, lembrando que o clube não conquista o torneio regional desde 2005.

E se a torcida a partir de agora é contra o Corinthians, para pelo menos ter um arquirrival na mesma condição na temporada que vem, Hudson não negou que assistiu o duelo dos alvinegros na segunda, contra o Internacional. Os três pontos do Timão em Itaquera acabaram com qualquer chance de rebaixamento do São Paulo no Brasileirão.

“A gente tinha uma preocupação, porque matematicamente, se o Inter ganhase, a gente ainda corria o risco de ser rebaixado. Agora já não tem chance nenhuma, então… Não vou dizer (que o sentimento é de) alívio, porque o São Paulo é muito grande para comemorar um livramento de um rebaixamento”, reconheceu Hudson, claramente incomodado na hora de tocar no assunto.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Um comentário em “Hudson agora seca o Corinthians, após torcer contra o Internacional

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*