Hernanes critica arbitragem: “Maõzinhas estão favorecendo o Corinthians”

O volante Hernanes reclamou muito da arbitragem do carioca Wagner do Nascimento Magalhães no empate por 1 a 1 entre São Paulo e Corinthians. Segundo o Profeta, foram três lances capitais que prejudicaram o São Paulo: a marcação de falta em Cássio no gol tricolor que foi anulado, a disputa de Rodriguinho com Junior Tavares no lance do empate do adversário e um toque na mão de Pablo dentro da área, ainda na primeira etapa.

Para citar os lances, o meia do são-paulo relembrou o gol de mão marcado por Jô, na vitória alvinegra sobre o Vasco.

– Teve a confusão da semana passada, na partida entre Corinthians e Vasco. Acho que a bola entraria, mas o Jô foi e colocou para dentro com a braço. Hoje teve de novo com o Rodriguinho (o São Paulo reclama que ele puxou Junior Tavares no lance do gol). Essas mãozinhas estão favorecendo muito o Corinthians – afirmou o jogador.

Hernanes seguiu falando sobre as falhas da arbitragem.

– Acredito que no gol do Éder (Militão), o Cássio saiu e trombou com o Pratto. Se alguém fez falta, foi o Cássio. O Pratto está parado, o Cássio foi de encontro a ele. Depois, teve uma mãozinha, mais uma maõzinha do Rodriguinho, que dá um toque no Júnior e desloca. O juiz não deu. A gente merecia a vitória, mas ainda não foi dessa vez. Conseguimos um ponto – lamentou.

Para o meia do São Paulo, faltou coragem ao árbitro Wagner do Nascimento Magalhães.

– O juiz veio aqui contra o Coritiba e teve a coragem de dar um pênalti no lance do Rildo. E hoje, novamente na nossa casa, faltou coragem de dar um pênalti. Não sei explicar a razão. Talvez pelo Corinthians ser o líder do campeonato – ressaltou o camisa 15.

são paulo x corinthians Hernanes (Foto: Marcos Ribolli)são paulo x corinthians Hernanes (Foto: Marcos Ribolli)

são paulo x corinthians Hernanes (Foto: Marcos Ribolli)

O capitão, porém, vê a equipe em evolução.

– Hoje fizemos a melhor partida desde a minha chegada. Já falava antes que o time estava em evolução e mais uma vez comprovamos isso. Jogamos com a bola, sem a bola, soubemos controlar a partida. O time está no caminho certo.

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.