Hernanes celebra empate e ponto em busca do “número mágico”: 47

O meia Hernanes deixou o gramado do estádio de São Januário cansado pela intensidade da partida contra o Vasco, na tarde deste domingo, mas não insatisfeito com o ponto conquistado na casa do adversário. Para ele, qualquer ajuda na busca para se livrar de vez do rebaixamento é válida para o clube do Morumbi, agora com 45 pontos.

“Estamos com 45 pontos, temos de nos preocupar ainda com nossa performance, para atingir os tão sonhados 47 pontos, para nos livrarmos de vez do descenso”, disse o meio-campista, que preferiu dar méritos ao Vasco pela pressão imposta sobre o Tricolor na etapa final da partida.

“O time deles voltou bastante determinado no segundo tempo, veio com uma proposta ofensiva e conseguiu o gol numa bola rebatida ali. Mas nós saímos daqui com um ponto”, continuou o camisa 15, que teve de se desdobrar na marcação para acompanhar os adversários, principalmente depois da expulsão de Éder Militão, nos últimos dez minutos de partida.

O perigo do Z4, no entanto, está mais na fala dos atletas do que na tabela de classificação. Agora nove pontos à frente do Sport, 17º colocado, o time dificilmente será alcançado pelos pernambucanos. Caso ganhe um dos quatro jogos restantes, elimina até matematicamente essa possibilidade.

Agora invicto há cinco partidas, porém, o Tricolor se vê distante da possibilidade de se classificar à Libertadores, ao menos sem o advento de novas vagas que podem surgir caso Grêmio, na Libertadores, e Flamengo, na Sul-Americana, consigam títulos.

Com os 45 pontos do momento, o Tricolor está cinco atrás do Flamengo, primeira equipe classificada para o torneio continental neste momento. Entre eles, porém, ainda há o próprio Vasco, com 49, Bahia, Atlético-MG e Fluminense.

Um comentário em “Hernanes celebra empate e ponto em busca do “número mágico”: 47

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*