Hernanes admite má atuação e pede sequência de vitórias por “alívio”

Assim como a maioria dos discursos dos jogadores do São Paulo, o de Hernanes admite a má atuação da equipe durante a sofrida vitória por 1 a 0 sobre o Sport, neste domingo, no Morumbi, mas ressalta a importância da saída da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro.

Na saída de campo, ainda exaltado pelo triunfo, o Profeta chegou a garantir que “saímos para não voltar mais”. Logo em seguida, contudo, ponderou. “Ainda precisamos de mais uma sequência (de vitórias) boa para dar o alívio. Temos a tranquilidade para trabalhar até o próximo jogo”, disse, referindo-se ao duelo com o Atlético-MG, em 11 de outubro, no Independência.

O resultado foi construído no primeiro tempo, aos 35 minutos, com Marcos Guilherme. Na etapa final, o São Paulo recuou e viu o Sport exigir duas grandes defesas de Sidão nos acréscimos. Com isso, o Tricolor ganhou três posições e agora ocupa o 14º lugar, com 31 pontos ganhos, apenas um a mais que o Avaí, primeiro time dentro da zona de descenso.

“A vitória era o mais importante. Não conseguimos repetir uma bela performance. Mas era importante o resultado. Era uma questão de honra, orgulho, que nos tira, espero, definitivamente do Z4. É uma vitória importante para o moral da equipe “, avaliou.

Ainda assim, o camisa 15 disse que o desempenho do time foi superior ao de vitórias passadas. “Diferente de como foi contra Botafogo e Cruzeiro, a equipe encontrou uma consistência maior. A gente sai dessa situação, do Z4, não por acaso, mas por mérito. É dar sequência nesse trabalho de correção, de encontrar a maneira de jogar. Estamos no caminho certo”, argumentou.

O duelo com o Sport marcou a despedida do Morumbi, que será palco de shows da banda irlandesa U2 e do cantor norte-americano Bruno Mars, em outubro e novembro. Nesse período, o São Paulo mandará cinco jogos no Pacaembu e voltará à sua casa apenas na última rodada, em 3 de dezembro, diante do Bahia.

“Era importante deixar o Morumbi com uma vitória, uma situação de maior tranquilidade. Agora, é dar sequência nos treinamentos para se adaptar o mais rápido possível no Pacaembu. O torcedor continuará nos apoiando. Será nossa casa”, concluiu Hernanes, que soma sete gols em dez jogos nesta segunda passagem pelo clube.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*