Ganso celebra união do grupo e exalta papel da torcida no Morumbi

Paulo Henrique Ganso viveu uma verdadeira noite de gala no Morumbi nesta quarta-feira, na goleada do São Paulo por 4 a 0 sobre o Toluca. Apesar de não ter balançado a rede, o craque fez o que o gabarito pede a um camisa 10: dar assistências. Foi dos pés dele que saíram as jogadas dos dois últimos gols e da maioria das jogadas tricolores na partida.

Eleito melhor jogador em campo, o meia enxergou o empate por 1 a 1 diante do The Strongest, na semana passada, que garantiu a classificação tricolor às oitavas de final, o grande divisor de águas para um time que vinha sendo criticado após a eliminação para o Audax no Campeonato Paulista.

“O que a gente precisava era classificar na fase de grupos, quando todos diziam que a gente não conseguiria. Era muito difícil, tinha jogo fora, na altitude… Mas aquele empate contra o Strongest foi um divisor de águas para a equipe ficar mais unida dentro de campo”, disse o camisa 10 em entrevista à Fox Sports.

Ganso também exaltou a presença do torcedor são-paulino, que marcou presença no Morumbi com mais de 53 mil pagantes – público recorde no futebol brasileiro em 2016. “Isso mostra que o torcedor são-paulino faz a diferença quando vem para o Morumbi. Isso incentiva todos os jogadores. E por isso fizemos um belo espetáculo e conseguimos uma bela vitória”, comentou.

Com os 4 a 0, o São Paulo leva ampla vantagem para o jogo de volta, na próxima volta, no México. Para Ganso, no entanto, é necessário ter cuidado: “Ainda não acabou. Tem os 90 minutos no México e ainda temos que trazer essa classificação”, ressaltou.

O duelo de volta contra o Toluca está marcado para as 19h15 (de Brasília) da próxima quarta, no estádio Nemesio Diez, em Toluca.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

3 comentários em “Ganso celebra união do grupo e exalta papel da torcida no Morumbi

  1. Cornetei muito o Ganso até o ano passado. De janeiro pra cá, com felicidade, tenho visto o Ganso, que jogou no Santos, jogando no meu time. Ontem foi monumental. Espero que o energúmeno do Dunga esteja assistindo os jogos do SP (o que acho difícil, tendo em vista sua preocupação apenas com o futebol do sul do país). Não existe nenhum jogador brasileiro capaz de fazer o que o PHGanso tem feito dentro de campo; e a seleção brasileira só se dá bem com um armador evidente.
    Ponto para o Bauza (outro a quem tenho criticado e que, ontem, botou o time para jogar do jeito que sempre sonhei), que prometeu levá-lo de volta para a seleção brasileira…

  2. para cativar uma torcida não é necessário time de estrelas, basta ser competitivo, no mais a torcida comparece. Algo mudou na equipe, esperamos que seja duradouro.
    Avante Tricolor!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*