Fim do Brasileiro vira vestibular do professor Rogério Ceni no São Paulo

Em menos de uma semana muita coisa mudou no São Paulo. Ricardo Gomes perdeu o seu emprego, Pintado assumiu como técnico interino e Rogério Ceni foi confirmado como treinador de 2017. Por isso, não é de se estranhar que os jogadores queiram deixar uma boa impressão para o futuro comandante na partida deste domingo (27), às 17h, no Independência, em Belo Horizonte.

A apresentação oficial de Rogério deve ser adiantada para os próximos dias, no CT da Barra Funda. No entanto, o futuro treinador não pretende entrar em campo até o fim do Campeonato Brasileiro. De qualquer maneira, ele vai acompanhar bem de perto o desempenho da equipe neste nacional. Por isso, para o elenco, os dois últimos jogos são vistos como uma espécie de vestibular.

“Os jogadores têm chance de mostrar serviço para o Rogério analisar como treinador. Serão partidas positivas para nós”, disse o zagueiro e capitão Maicon.

Para alguns, a necessidade de se empenhar é ainda maior. O goleiro Renan Ribeiro, por exemplo, foi escolhido para ocupar a vaga de Denis. Esta será apenas a terceira partida do reserva nesta temporada (ele atuou também contra o Toluca, do México, quando o Denis cumpriu suspensão, e no jogo com o Botafogo, em que os titulares foram poupados).

Já o volante Wellington vai disputar o seu primeiro duelo como titular na temporada. Formado nas categorias de base, o volante cumpriu suspensão por doping e se recuperou de uma cirurgia no joelho direito, realizada em abril. Por isso, só entrou no jogo com a Ponte Preta, neste Brasileirão.

Quem também precisa se esforçar é o lateral esquerdo Mena. O chileno tem vínculo com o São Paulo só até o fim deste ano e espera continuar no clube na próxima temporada. O Tricolor, porém, ainda não chegou a um acordo financeiro com o Cruzeiro, dono dos direitos do atleta, e estuda alguns nomes no mercado para a posição.

Por fim no ataque, o argentino Chávez quer provar que tem capacidade para permanecer no Brasil e ser titular do time de Rogério Ceni. O camisa 9 marcou oito gols em 21 partidas pelo Tricolor.

FICHA TÉCNICA

Atlético-MG x São Paulo

Data: 27/11/2016 (domingo), às 17h (de Brasília)
Arbitragem: Dewson Fernando Freitas da Silva (PA), auxiliado por Marcio Gleidson Correia Dias (PA) e Helcio Araujo Neves (PA)

Atlético-MG
Giovanni, Patric, Edcarlos, Jesiel e Leonan; Rafael Carioca, Lucas Cândido e Carlos Eduardo; Clayton, Hyuri e Fred. Tecnico: Diogo Giacomini.

São Paulo
Renan Ribeiro, Buffarini, Maicon, Rodrigo Caio e Mena; Wellington, Thiago Mendes e Cueva; Luiz Araújo, David Neres e Chavez. Técnico: Pintado

 

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*