Enquanto direção pensa em vender Fabuloso, Ney cobra mais atacantes

Ney Franco e a diretoria do São Paulo, às vezes, falam línguas diferentes. Enquanto o departamento de futebol estuda propostas para vender Luis Fabiano, o principal goleador do time na temporada, com 16 gols, o treinador cobrou nesta sexta-feira justamente a chegada de jogadores para o ataque.

Silvinho, destaque do Penapolense, e Roni, revelação do Paulistão jogando pelo Mogi Mirim, são consideradas apostas para o futuro. O treinador espera a contratação de, pelo menos, um jogador mais experiente e com renome internacional para colocar o time na briga pelo título do Campeonato Brasileiro.

– Todos os jogadores que chegaram, em algum momento, conversamos sobre eles. São jogadores novos, que o clube contratou com o objetivo de atender a parte técnica. Mas fico na expectativa para a chegada de um jogador para dar uma qualificada, principalmente na parte ofensiva – disse o comandante.

O técnico, aliás, exige desde o início do ano a contratação de um jogador para substituir Lucas, vendido ao Paris Saint-Germain. Ele não abre mão de jogar no esquema 4-2-3-1, com jogadores posicionados pelos lados do campo. Osvaldo cumpre a função pela esquerda, mas, pela direita, ninguém se encaixou até agora.

Ney ainda convive com a possibilidade de perder seu artilheiro. Luis Fabiano e a diretoria não se entendem. O jogador vem recebendo propostas de clubes do segundo escalação europeu e pode ser negociado durante a Copa das Confederações. Em praticamente todas as entrevistas o treinador ressalta o desejo de segurar o camisa 9, mas pode ser ignorado pela direção.

 

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.